Conecte-se conosco

BELÉM

Avenida Pedro Miranda está recebendo demarcação de uma via para bicicletas em toda a sua extensão

Foto: Reprodução / Fonte: Agência Belém

Uma boa notícia para os ciclistas. A avenida Pedro Miranda está recebendo demarcação de uma via para bicicletas em toda a sua extensão, na pista central, o que representam um incremento de 2,7km de faixa exclusiva para ciclistas, com possibilidade de interligação a diversas outras ciclovias e ciclofaixas de Belém.

O trabalho de sinalização foi iniciado no último sábado, 20, e tem previsão de conclusão ainda na primeira quinzena de abril, quando a malha cicloviária de Belém passará a totalizar 113.72km. 

A ciclofaixa já foi sinalizada do trecho entre as travessas Antônio Baena até a Vileta. Pelo projeto, da Antônio Baena até a travessa Lomas Valentinas está sendo demarcada uma ciclofaixa unidirecional, com uma faixa de cada lado da pista central acompanhando o fluxo dos veículos.

Da Lomas até a avenida Dr. Freitas ela se torna bidirecional (com duplo sentido para os ciclistas) e uma parte dela como ciclovia, já que será instalada embaixo das arquibancadas da Aldeia Cabana e canteiro central e, por isso, segregada da faixa comum dos veículos.

“Optamos por ampliar a malha cicloviária pela avenida Pedro Miranda porque ela já é muito utilizada para locomoção dos ciclistas, que naturalmente trafegam pela pista central, junto aos canteiros, por uma questão de segurança”, explica Ana Valéria Borges, à frente da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB).

Além da demarcação da ciclofaixa, a pista central da avenida Pedro Miranda recebe sinalização completa (horizontal e vertical), e a trafegabilidade dos veículos será preservada.

“Para os ciclistas ela também vai se constituir como importante eixo na malha cicloviária, com possibilidade de interligação às ciclofaixas das travessas Lomas Valentinas, Angustura e Vileta, e da avenida Dr. Freitas. A partir delas, têm-se acesso às ciclovias da Duque de Caxias, Almirante Barroso, João Paulo II e à ciclofaixa da Pedro Álvares Cabral. Em direção ao centro de Belém, também estamos estudando quais vias têm melhor capacidade estrutural de fazer a interligação da Pedro Miranda com a ciclofaixa da Doca”, detalha a superintendente.

Por: Esperança Bessa

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.