Conecte-se conosco

POLÍCIA

Guardas portuários liberam portos e se reúnem para decidir rumos da greve no Pará

Greve começou na quarta nos três portos administrados pela Companhia Docas do Pará (CDP). Empresa se pronuncia.

Foto: Divulgação/Sindiguapor / Fonte: G1 PA

Guardas portuários da Companhia Docas do Pará (CDP) reuniram com representantes da Diretoria da empresa na manhã desta quinta-feira (14). Desde quarta-feira (13), a categoria está em greve pela falta de avanço no acordo coletivo.

Na reunião, os guardas acordaram em retirar o bloqueio dos três portos administrados pela CDP, o de Miramar, em Belém, o PVC, em Vila do Conde, em Barcarena, e o porto de Santarém, desde que fossem abonadas as faltas de quem aderiu a greve.

A categoria vai realizar uma assembleia para deliberar sobre a continuidade da paralisação.

A Companhia Docas do Pará informou por meio de nota que é sensível à questão das reivindicações propostas pelos sindicatos dos portuários, e “reafirma o seu compromisso com a sociedade e que está empenhada em buscar uma solução justa em respeito às leis e garantindo os seus propósitos institucionais”.

A CDP disse ainda que vem tomando todas as providências necessárias para solucionar a questão.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.