Conecte-se conosco

SAÚDE

Atendimento de Covid-19 no Hospital Abelardo Santos será ampliado

Unidade passa de 145 para 220 leitos, sendo 125 clínicos e 95 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI)

Foto: Bruno Cecim / Ag.Para / Fonte: Agência Pará

O Hospital Regional Dr. Abelardo Santos (HRAS), localizado no distrito de Icoaraci, em Belém, vai aumentar os leitos exclusivos para o atendimento de Covid-19. Dessa forma, a unidade suspendeu o pronto-atendimento de obstetrícia, desde às 19h de sábado (27). As pacientes estão sendo encaminhadas à Santa Casa de Misericórdia do Pará.

“A equipe técnica da Sespa monitora diariamente o cenário pandêmico no Estado e essa estratégia nos ajuda a entender quais locais estão precisando de mais leitos neste momento. A Região Metropolitana de Belém precisa deste suporte e, por isso, estamos ampliando novamente o atendimento nesta unidade”, afirma o secretário de Saúde do Estado, Rômulo Rodovalho. 

A determinação sobre a mudança no atendimento foi feita pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), em reunião, na última quinta-feira (25). O Abelardo Santos amplia o número de leitos exclusivos à doença, passando de 145 para 220, sendo, agora, 125 clínicos e 95 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“Essa mudança foi feita para que nós possamos ampliar o atendimento aos pacientes com Covid-19 e atender, com ainda mais qualidade, a Região Metropolitana de Belém. A partir de agora, o hospital funcionará com serviço de porta aberta somente para os casos de pediatria”, explica o secretário adjunto de saúde, Sipriano Ferraz.

Nesta segunda onda da pandemia, o Hospital não é “porta-aberta” para pacientes com Covid-19, como no ano passado, ou seja, o atendimento é apenas para pessoas encaminhadas pela Central de Regulação do Estado, provenientes de outras Unidades de Saúde. Com a ampliação de leitos, o HRAS transfere as puérperas que estão atualmente internadas no Hospital à Santa Casa. 

“Nós mantivemos o serviço até este sábado. As pacientes foram removidas de ambulância respeitando todos os critérios de segurança. O mesmo padrão e qualidade de tratamento do Hospital Abelardo Santos serão mantidos na Santa Casa. As duas equipes estão trabalhando em conjunto para minimizar quaisquer danos”, afirma Paulo Henrique Ataíde, diretor técnico do HRAS.

A pediatria continua funcionando ‘porta-aberta’, no entanto, as cirurgias eletivas ficam suspensas por enquanto. 

Aumento de leitos – O governo do Estado, por meio da Sespa, abriu na quinta-feira (25) 30 leitos clínicos no Hospital Geral de Bragança e 10 leitos de UTI no Hospital Regional Abelardo Santos e, na sexta-feira (26), 21 leitos clínicos no Hospital Regional de Redenção e outros 10 leitos de UTI também no Hospital Abelardo Santos. No domingo (28), o Hospital Regional de Castanhal ampliou mais 50 leitos clínicos. Já para os próximos dias, a expectativa de novas leitos são: 

– Hospital Regional de Marabá – 12 leitos clínicos (segunda-feira, 29);
– Hospital das Clínicas de Bragança – 15 leitos clínicos (segunda-feira, 29);
– Hospital de Campanha do Hangar, em Belém – 10 UTIs (segunda-feira, 29);
– Hospital Regional de Breves – 10 leitos clínicos (terça-feira, 30);
– Hospital Santos Antonio Maria Sacarias em Bragança – 10 leitos de UTI (quarta-feira, 31).

Por Caroliny Pinho (SESPA)

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.