Conecte-se conosco

SAÚDE

Eduardo Pazuello pede demissão, problema de saúde faz ministro deixar o cargo

Foto: PR/Carolina Antunes / Fonte: Pleno News

O governo do presidente Jair Bolsonaro discute uma troca no comando do Ministério da Saúde, com a saída do ministro Eduardo Pazuello nos próximos dias. Segundo o jornal O Globo, interlocutores do presidente revelaram que o atual chefe da pasta alegou problemas de saúde e pediu para deixar o cargo para se reabilitar.

De acordo com a publicação, pessoas próximas ao presidente teriam entrado em contato com dois médicos cardiologistas cotados para substituir Pazuello: Ludhmilla Abrahão Hajjar, professora associada da USP, e Marcelo Queiroga, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, Ludhimila, que atua no Incor e na rede de hospitais Vila Nova Star, já desembarcou em Brasília para conversar com o presidente Jair Bolsonaro sobre a possibilidade de assumir o ministério no lugar de Eduardo Pazuello.

Sobre a saída de Pazuello, de acordo com O Globo, uma fonte teria confirmado que a mudança não ocorrerá por pressão de parlamentares, mas, segundo ele, por motivos de saúde. A fonte ainda teria informado que, se fosse para ceder ao Centrão, o escolhido seria o deputado federal Dr. Luizinho (PP-RJ), primeiro nome indicado pelo bloco.

No sábado, a troca no comando da pasta teria sido tratada em conversa de Bolsonaro com o presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL). No final do dia, Bolsonaro se reuniu com os ministros Eduardo Pazuello, Walter Braga Netto, Luiz Eduardo Ramos e Fernando Azevedo no hotel de Trânsito do Exército, onde mora Pazuello.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.