Conecte-se conosco

EDUCAÇÃO

Cursos semipresenciais estão ganhando cada vez mais espaço entre estudantes

Publicadas

sobre

Reprodução

Levantamento realizado pelo Google Brasil, com base em pesquisas feitas por estudantes na internet, mostra preferência de estudantes por cursos em formato semipresencial, seguido pelo presencial e a distância. Levantamento aponta, ainda, que alunos que moram na região Norte preferem cursos da área da saúde

No cenário dinâmico da educação superior, os cursos semipresenciais emergem como uma resposta eficaz às demandas de estudantes que necessitam de maior flexibilidade, seja por conta de trabalho, criação de filhos ou outros aspectos. Levantamento realizado pelo Google Brasil, com base em pesquisas feitas por estudantes na internet, confirma que a preferência dos estudantes brasileiros para cursar graduação em 2024 é pelo formato semipresencial, seguido pelo presencial e educação a distância.

Tanto para a primeira graduação quanto para ter novos títulos e habilidades com uma segunda graduação, essa modalidade de ensino vem ganhando cada vez mais espaço, graças à flexibilidade e qualidade acadêmica.

“Os cursos de modalidade semipresencial combinam a conveniência do ensino a distância com a interação presencial uma ou duas vezes na semana, proporcionando uma experiência de aprendizado enriquecedora e adaptável às necessidades individuais”, afirma Maísa Dantas, líder de matrícula da Wyden.

Mesmo com toda a flexibilidade entregue, os cursos semipresenciais seguem os mesmos padrões e regras estabelecidas no modelo presencial, com períodos, provas, notas, trabalhos e tudo o que permeia a lida de um estudante universitário.

Padrão de ensino

As instituições de ensino que oferecem essa modalidade investem em recursos tecnológicos e pedagógicos de ponta, proporcionando aos alunos acesso a conteúdos atualizados e metodologias de ensino inovadoras.

“No semipresencial, o aluno cursa 70% do curso de forma online e 30% presencial, ou seja, no primeiro período, ele começa com uma disciplina presencial e nos outros períodos pode selecionar uma ou duas disciplinas”, pontua Maísa.

Com um corpo docente qualificado e uma estrutura de suporte sólida, os estudantes têm todo o apoio necessário para alcançar seus objetivos educacionais. Nos maiores Estados da região Norte, Pará e Amazonas, a Wyden, uma das mais relevantes marcas educacionais do Brasil, reconhecida pela alta qualidade de ensino aplicada nos modelos de ensino 100% digitais (EAD), presencial e semipresencial, oferta uma cartela de cursos.

No Pará, na Faci, em formato semipresencial, é possível fazer graduação em Biomedicina; Fisioterapia; Sistema de Informação; Ciência da Computação e Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Engenharia Civil.

Já no Amazonas, na faculdade Martha Falcão, é possível escolher entre os cursos Administração; Análise de Desenvolvimento de Sistemas; Ciências da Computação; Ciências Contábeis; Engenharia Civil; Engenharia de Produção; Engenharia Elétrica; Engenharia Mecânica; Fisioterapia e Gestão Financeira.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.