Conecte-se conosco

BELÉM

Flutuante de Icoaraci volta a oferecer risco a embarcações e aos passageiros

O risco de acidentes é ainda maior por causa do aumento no fluxo de passageiros.

Foto: Reprodução / Fonte: G1 Pa — Belém

O trapiche de Icoaraci, de onde saem os barcos para Cotijuba, Ilha do Marajó e outros locais voltou a apresentar problemas. O flutuante, usado no embarque e desembarque, está afundando. Com o mês de julho se aproximando o risco de acidentes é ainda maior por causa do aumento no fluxo de passageiros.

Neste final de semana o fluxo de passageiros foi grande no flutuante. Segundo os barqueiros que atuam no local, o flutuante está tomado por buracos e enchendo. Para isso um motor bomba tem sido utilizado para fazer a drenagem da água no interior do flutuante.

Essa não é a primeira vez que as condições do flutuante colocam em risco a população. No final de 2018 após anos sem manutenção, parte do local ficou submerso. Em janeiro de 2019 o problema continuou. Passageiros tiveram que desembarcar pela praia e alguns se arriscaram no que sobrou do flutuante.

A Secretaria de Urbanismo de Belém, por meio do departamento de obras civis, informou que uma equipe realizou uma vistoria técnica no flutuante de Icoaraci, na manhã da última sexta-feira (25). Disse também que os técnicos do Departamento de Obras estão analisando a situação e tomando todas as medidas necessárias para solucionar o problema o mais rápido possível.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.