Conecte-se conosco

FAMOSOS

Daniel Adjares faz pocket show online para apresentar seu novo EP “TAPERA”

Daniel Adjares prepara um pocket show online na quarta (9) para apresentar seu novo EP.

Foto: Reprodução / Fonte: Correio Paraense

“TAPERA”, que ficará disponível nas plataformas digitais no mesmo dia. A live será transmitida pelo Facebook, Instagram e YouTube do músico paraense, às 20 h.

https://www.youtube.com/channel/UCyrT_27SQBSEp3ZiVT9yh7Q

https://www.instagram.com/adjaresdaniel/

https://web.facebook.com/daniel.adjares

Músico da nova geração da música instrumental paraense, Daniel Adjares lança o primeiro EP da carreira nesta quarta-feira (9/6). Intitulado como Tapera, o trabalho traz uma sonoridade instrumental amazônica, mostrando a capacidade de Daniel como multi-instrumentista.

O nome do EP foi inspirado em uma incursão que fez pela ilha do Marajó onde visitou há muito tempo uma tapera (casa velha, abandonada) que ficou no seu imaginário como um revisitar de vivências, de antigas memórias, o que bem simboliza este EP, que é um registro de músicas compostas no período.

Com as músicas autorais “Tio Bento também dança”, “Manezinho”, “Dona Basília”, “Caminho da canoa” e “Pracupijó”, Daniel descreveu o projeto como algo desafiador: “Gravar este EP é um grande desafio pra mim. É como revisitar minha antiga casa abandonada, minha tapera de sons. É imergir em antigas composições, que retratam minhas vivências desse período”, explica o músico.

Serviço: Quarta, 9 de junho, às 20 h. Pocket show online de lançamento do EP Tapera, ao vivo pelo Facebook, Instagram e YouTube do músico Daniel Adjares. Info (91) 984712738.

*Sugestão de entrevista: Daniel Adjares: (91) 980103006

Release:

Natural de Belém-PA, Daniel Adjares é guitarrista, compositor e produtor musical, e desde 2000, tem atuado em diversos nichos musicais, sobretudo como sideman de artistas do circuito regional e nacional, trabalhos esses que lhe proporcionaram contato com diversas linguagens musicais. Apaixonado pela cultura amazônica, a conecta às demais culturas a partir de fusões que passeiam por diversos gêneros tipicamente brasileiros, como samba, choro e baião, além de estilos globais, como salsa, jazz e rock.

Em 2012, criou o Grupo Tapera, no qual implementou um trabalho voltado à música instrumental amazônica em sua infinidade de estilos, unindo-a à poesia. Com este grupo, participou de diversos festivais no estado, além de apresentações em Belém-PA.

Seu processo criativo está fortemente ligado às suas raízes, o que fica claro em suas composições que, mesmo passeando por gêneros afins, reafirmam a identidade amazônica de maneira marcante.

Lançou em maio de 2021 o single “Flor de Inhangapi”, um presente dado à sua mãe no dia das mães, que representa uma homenagem à mulher amazônica. Tal música pode ser entendida como sua assinatura musical, onde a suavidade da guitarrada se funde às distorções e bends,    apresentando uma proposta universalizante para a música amazônica.

Ainda em maio de 2021, lançou “Tio Bento também dança!”, uma homenagem ao caboclo amazônico que, com sua força de espírito, improvisa a alegria mesmo em meio às adversidades.

Tais singles acenam para a importância da assinatura musical do “outro Brasil”: o amazônico.

O primeiro EP vem recheado de personalidade e musicalidade.

Texto: Vitor Moraes

Propaganda
6 Comments

6 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.