Conecte-se conosco

EDUCAÇÃO

UFPA tem corte de R$ 30,3 milhões no orçamento de 2021

Segundo a instituição, prejuízos dos cortes orçamentários alcançam tudo que a universidade realiza: ensino, pesquisa, extensão, assistência à população, apoio à inovação nas empresas, entre outros.

Foto: Thiago Pelaes / UFPA / Fonte: G1 PA

Universidades federais em todo país sofrem com os impactos dos cortes orçamentários. Na Universidade Federal do Pará (UFPA), o orçamento de custeio para 2021 tem um corte de R$ 30,3 milhões (18,5%) em relação ao orçamento de 2020.

Em 11 anos, o orçamento do MEC para as universidades federais caiu 37%. A maior universidade federal do país, a UFRJ, afirma correr o risco de ter de fechar no meio do ano por falta de verba.

Em nota, o Ministério da Educação (MEC) informou que reduziu recursos discricionários da rede federal de ensino superior “de forma linear, na ordem de 16,5%”. Ainda segundo o texto, o MEC “não tem medido esforços nas tentativas de recomposição e/ou mitigação das reduções orçamentárias”. A pasta afirma ainda que está promovendo ações para que o orçamento seja disponibilizado na totalidade.

Prejuízos

Na UFPA, os prejuízos dos cortes orçamentários alcançam tudo que a universidade realiza: o ensino, a pesquisa, a extensão, a assistência à população, o apoio à inovação nas empresas, entre outras.

“Não temos onde reduzir despesas para cobrir essa perda. Além disso, perdemos R$ 6 milhões de recursos da assistência estudantil, em um momento em que a pobreza e a pressão pela evasão aumentam”, afirma nota enviada pela UFPA ao G1.

Segundo a universidade, as despesas até o momento estão sendo pagas, mas será necessário cortar serviços de manutenção predial e de equipamentos, reduzir contratos de limpeza e vigilância, deixar de comprar insumos para laboratórios e limitar atividades que envolvam deslocamento, por exemplo.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.