Conecte-se conosco

FUTEBOL

Tuna goleia o Paragominas, enquanto que Independente e Bragantino empatam no retorno do Parazão

A Águia Guerreira antecipou a Páscoa com um chocolate e Galo Elétrico não venceu em Tucuruí

Fotos: Júnior Borges e Lindoberto Filho / Fonte: Blog Zé Dudu

Após paralização por duas semanas devido ao lockdown na Região Metropolitana de Belém, o Campeonato Paraense 2021 retornou com a quarta rodada, e dois jogos movimentaram a manhã deste sábado (3). O Independente recebeu a equipe do Bragantino, no Estádio Municipal Antônio Dias, o Navegantão, em Tucuruí, enquanto que a Tuna Luso encarou o Paragominas, no Estádio Francisco Vasques, o Souza, em Belém.

Na terra da energia, Galo Elétrico e Tubarão do Caeté fizeram uma partida equilibrada. Logo nos primeiros minutos, ambas as equipes subiram ao ataque em busca de abrir o placar. Em uma tentativa do Independente, o atacante Danrlei chutou e parou na boa defesa do goleiro Deco Júnior. O Bragantino deu o troco e quase marcou. Após levantamento na área, houve um desvio de cabeça, e o goleiro Dida fez uma grande defesa.

Quem marcou mesmo foi o Galo Elétrico. Após boa jogada pelo lado direito, a bola chegou até Lima, que cruzou na área para o chute certeiro do atacante Cassiano, aos 29 minutos, 1 a 0. Na etapa derradeira, o time do Independente quase ampliou na tentativa do meia Railson, que tentou marcar em um lance de voleio e mandou por cima. Se tivesse acertado no gol, seria um dos mais bonitos da competição estadual.

O Bragantino foi no contra-ataque com Keoma, que deu um belo passe para Edicleber, o atacante se livrou da marcação e chutou sem defesa para o goleiro Dida, aos 17 minutos,  1 a 1. Na retal final de jogo, o time do Tubarão teve chance de marcar, mas desperdiçou as oportunidades. Placar final: Independente 1 x 1 Bragantino.

Com o empate, o Independente segue na liderança do Grupo A3, agora com oito pontos na classificação, enquanto que o Bragantino é o segundo colocado dentro de Grupo A1, agora somando cinco pontos na tabela da primeira fase.

Já em Belém, a Tuna Luso se impôs dentro de casa e abriu o placar logo aos 10 minutos. Após boa tabela no ataque cruzmaltino, Paulo Rangel tocou para Neto que finalizou para o fundo do barbante, 1 a 0. A Águia Guerreira não demorou e ampliou. Léo Rosa avançou bem pelo lado direito e cruzou na medida para a cabeçada do atacante Pedrinho, aos 22 minutos, 2 a 0. O time do Paragominas começou a jogar e reagiu na partida.

O sempre perigoso atacante Aleílson recebeu passe e chutou forte para a boa defesa do goleiro Gabriel Bubniack, que mandou para escanteio. Após a cobrança, o zagueiro Renan da Tuna fez lambança e chutou a bola em sua própria mão e o árbitro Andrey da Silva e Silva marcou pênalti. Aleílson cobrou com muita categoria e deslocou o goleiro tunante, aos 36 minutos, diminuindo para o Jacaré.

O PFC cresceu na partida. O atacante Aleílson encarou o zagueiro Dedé dentro da área, se livrou da marcação, e levou um carrinho por trás. A turma do Paragominas reclamou pedindo pênalti, desta vez a arbitragem mandou seguir. Em uma falta para o Jacaré, a bola foi para área e Biro cabeceou, o goleiro Gabriel Bubniack defendeu milagrosamente e salvou o gol de empate. Na etapa final, o técnico Robson Melo colocou a Tuna em cima do adversário e dominou a partida.

O time cruzmaltino chegou a marcar, quando a bola foi para a área para a cabeçada de Felipe, que marcou, mas a arbitragem deu falta no zagueiro do Paragominas e desmarcou o gol, aos 12 minutos. Depois apareceu o atacante Paulo Rangel que marcou duas vezes. No primeiro, Alexandre Pinho cruzou da esquerda para a cabeçada de Rangel, o goleiro Gustavo defendeu, mas a bola entrou, aos 33, e na sequência após cruzamento rasteiro da direita, Paulo Rangel bateu de primeira e guardou, aos 39 minutos. Placar final: Tuna 4 x 1 Paragominas.

Com a primeira vitória no Parazão, a Tuna assumiu a vice-liderança do Grupo A2, com cinco pontos, e agora com o melhor ataque da competição, marcando nove gols, em quatro jogos.  Já a equipe do Paragominas segue na lanterna do Grupo A3, com seus quatro pontos na classificação.

Por Fábio Relvas

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.