Conecte-se conosco

MUNDO

A Língua portuguesa ganhando o mundo

A professora explica que os obstáculos para o aprendizado da língua portuguesa variam entre os estrangeiros. Mas que todos eles estão dispostos a superar suas próprias dificuldades.

Publicadas

sobre

Foto: Reprodução | Fonte: Correio Paraense

Até algum tempo atrás, quando qualquer estrangeiro decidia aprender a língua portuguesa, de duas uma: ou tinha um relacionamento amoroso com um brasileiro ou se interessava por algum aspecto da cultura do país.

O português é uma das línguas mais faladas no mundo, ocupando o quinto lugar das línguas com mais falantes nativos, totalizando cerca de 250 milhões de falantes espalhados pelo planeta. Por ser uma das línguas mais faladas, cada vez mais pessoas procuram aprender o idioma e adotá-lo como segunda língua, seja para fins acadêmicos, profissionais ou simplesmente por uma paixão.

O Portal Correio Paraense teve a oportunidade de conversar com uma professora paraense, Keite Hamou, envolvida da cabeça aos pés no processo de ensinar o português brasileiro a estrangeiros de vários países que moram na Guyane Francesa.

A professora junto com a escola em que trabalha promoveu um painel de apresentação de alunos estrangeiros, se tornando um palco para aprendizado sobre a diversidade cultural internacional. O tema escolhido foi sobre o lixo eletrônico.

Sou professora no Liceu Melkior Garré na Guyane Francesa, sou professora de francês e português língua estrangeira, esse ano tive o privilégio de ter uma classe Internacional Brasileira OIB e outras turmas de seconde , equivalente ao primeiro ano do ensino médio no Brasil nas minhas turmas tenho alunos de varias nacionalidades , franceses, brasileiros, indígenas, chineses, haitianos, dominicanos e espanhóis.

Na minha última sequencia decidi trabalhar com eles o tema “Salvar o Planeta”, tema este que todos nós conhecemos e estamos cansados de ouvir falar, entretanto escolhi falar sobre o lixo eletrônico.

Hoje mais do que nunca estamos envolvidos com a tecnologia e sempre buscamos o que há de mais moderno e acabamos nos desfazendo muito rápido dos nossos aparelhos eletrônicos, mas o que fazer com eles?

Será que fazemos o descarte correto?

Como a cada ano o aumento de lixo eletrônico aumenta consideravelmente, precisamos fazer algo agora, nos conscientizarmos e conscientizarmos os outros!

Por isso os alunos da classe OIB Seleção Internacional Brasileira, junto com os alunos da 2GT2 e 2GT4 fizeram cartazes para conscientizar os outros alunos mesmo que eles não entendam o português , porém com os desenhos eles entenderam o que eles queriam passar os alunos da OIB também fizeram uma exposição do que não devemos fazer com o lixo eletrônico e os riscos que o descarte incorreto causa para a saúde.

Pois muitos entres ele afirmaram que jogavam suas pilhas e outros objetos eletrônicos no lixo comum , pois não imaginavam o quanto isso poderia prejudicar a nossa saúde e o nosso ambiente !

Que assim como eles , todos nós possamos também sermos consciente ao descarte correto dos nossos lixos eletrônicos !

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.