Conecte-se conosco

BRASIL

Ministro afirmou que o Brasil não terá horário de verão nos próximos anos

País enfrenta crise energética por causa da falta de chuvas

Foto: Pedro Ventura / Fonte: Pleno News

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse nessa ultima quarta-feira (6), em entrevista ao Sistema Verdes Mares, que o Brasil não terá horário de verão nos próximos anos. Ele também garantiu que não há risco de haver racionamento ou apagão.

– Do ponto de vista energético, não há a necessidade da volta do horário de verão. Nós já fizemos uma análise: do ponto de vista energético, não se faria necessário. E foi tomada a decisão pelo presidente (Jair) Bolsonaro de não decretar o horário de verão. Agora, em 2021, entre 2020 e 2021, sempre analisamos essa questão. Então, o horário de verão não ocorrerá, como não vem ocorrendo desde 2019 – lembrou.

Ainda segundo o ministro, não há chance de haver crise no fornecimento de energia porque o governo federal já colocou em prática ações para evitar racionamento ou apagão.

– Como falei para vocês, nossa matriz é muito diversificada. Não era também no passado. No passado, nós tínhamos quatro fontes de geração de energia, hoje são nove fontes. Daqui a pouco, teremos outras fontes também com hidrogênio. Então, a diversidade da nossa matriz vai evitar que o país passe por situações como essa que nós estamos passando no ano de 2021 – explicou.

Em viagem a Fortaleza, onde participa do evento Proenergia 2021, promovido pelo Sindicato das Indústrias de Energia e de Serviços do Setor Elétrico do Ceará, Bento Albuquerque anunciou que, nos próximos oito anos, o estado do Ceará receberá mais R$ 12 bilhões em investimentos para a geração e a transmissão de energia.

Por Gabriela Doria

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.