Conecte-se conosco

BELÉM

Belém será a primeira capital do país a vacinar bancários contra a Covid-19

A Secretaria Municipal de Saúde pretende vacinar dois mil bancários contra a Covid-19, neste fim de semana

Foto: Edielson Shinohana / Fonte: Agencia Belém

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) pretende vacinar dois mil bancários contra a Covid-19, neste fim de semana, dias 26 e 27 de junho, em Belém. A imunização foi definida em uma reunião entre o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, o diretor de Vigilância à Saúde, Cláudio Salgado, a presidente do Sindicato dos Bancários, Tatiana Oliveira, a vice-presidente da entidade, Vera Paoloni, e a diretora de Bancos do sindicato, Ghyslane Cunha.

“A categoria dos bancários trabalha na linha de frente do atendimento à população, atendendo tantos programas de apoio financeiro, e ficou tão desassistida na pandemia. Então, a gente conversou e combinou com o Sindicato dos Bancários que vamos iniciar imediatamente a vacinação dos profissionais que estão na linha da frente e depois avançar na imunização da categoria”, pontuou o secretário Maurício Bezerra.

De acordo com o Sindicato dos Bancários, Belém é a primeira capital do país a vacinar esses trabalhadores. “É uma vitória muito grande para nossa categoria, que estava esperando ansiosa por isso. Afinal, atendemos milhares de pessoas e ficamos expostos à Covid-19. Agora a gente espera trabalhar tranquilo e com menos medo”,  explicou Tatiana Oliveira.

A imunização será realizada na sede do Sindicato, que fica na rua 28 de setembro, nº 1210, no bairro do Reduto. O critério para vacinação será a lotação do empregado em Belém, por isso, não será solicitado comprovante de residência. A Sesma vai dar o apoio à vacinação, cedendo as doses do imunizante e os profissionais para aplicar a vacina, mas a definição das pessoas a serem imunizadas será uma responsabilidade do Sindicato.

Vacinação em Belém –  A Sesma vai continuar a vacinar os rodoviários, nesta quinta-feira, 24 de junho. De acordo com a Secretaria, mil doses estão programadas para serem aplicadas. Os trabalhadores serão vacinados em dois pontos: no centro de formação da categoria, que fica na travessa Vileta, 2231, e no Instituto Altair Brandão, na avenida José Bonifácio, 2626. A vacinação da categoria começou nesta quarta-feira, 23, e segue até sábado, dia 26 de junho. 

Sobre a continuação da vacinação por idade, Cláudio Salgado explicou que precisa de um quantitativo maior de vacinas, para poder baixar pelo menos mais dois anos. “Nós temos uma quantidade que não supre a necessidade, estamos esperando chegar mais vacinas para ampliar o calendário vacinal”.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.