Conecte-se conosco

SAÚDE

Oncológico Infantil estimula a doação de sangue no “Junho Vermelho”

Foto: Reprodução / Fonte: Hospital Oncológico de Belém

A Agência Transfusional do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém, aderiu a Campanha Junho Vermelho. A iniciativa pretende estimular a doação de sangue, principalmente no contexto da pandemia que agrava a situação de desabastecimento dos hemocentros.

A enfermeira da Agência Transfusional do Oncológico Infantil, Isis Souza, chama a atenção para a necessidade do aumento da captação de doadores.

“Estamos enfrentando uma situação adversa no que se refere ao número de doações de sangue, essa situação, agravada pela pandemia, vem prejudicando o estoque de hemocomponentes. Por isso, contamos com a sensibilidade da população em aderir a essa causa, pois muitos pacientes precisam de sangue”, frisou.

Nesta sexta-feira, 11, para reforçar a participação da campanha em alusão ao Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado na próxima segunda-feira, 14 de junho, o Oncológico Infantil realizou ação para a captação de doadores.

Com o apoio da Instituição Esamaz Tec, em Belém, cerca de 33 acadêmicos do curso de Técnico de Enfermagem fizeram a doação de sangue para ampliar o estoque da Fundação Hemopa. Todas as doações dos discentes serão em nome do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo.

O Hospital Oncológico Infantil é uma unidade mantida pelo Governo do Pará, gerenciada pela Pró-Saúde. Todos os anos a instituição de saúde, por meio de sua Agência Transfusional, realiza campanhas e caravanas solidárias para doações de sangue.

A enfermeira Isis Souza destaca a importância da parceria com a instituição de ensino. “Este apoio foi fundamental para garantir o aumento dos estoques da Fundação Hemopa, acrescentou Isis.

A médica hematologista e hemoterapeuta, Iê Bentes, da Agência Transfusional do Oncológico Infantil, ressalta a importância da doação. “O sangue é um componente essencial para alguns tratamentos e intervenções cirúrgicas, além de ajudar pacientes em condições vulneráveis, como por exemplo as crianças que fazem tratamento contra o câncer”, observou.

A médica destaca que “a maioria dos pequenos e adolescentes que estão em protocolos quimioterápicos necessitam receber múltiplas transfusões para manterem seus tratamentos, além dos usuários que passam por procedimentos cirúrgicos complexos e necessitam de transfusão de sangue, por isso contamos com o apoio da população em geral. O sangue é imprescindível para a manutenção da vida”, concluiu a médica.

“Uma bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas”, afirma o coordenador da Agência Transfusional do Oncológico Infantil, Márcio Moraes, destacando a importância do apoio das pessoas nas doações para pacientes oncopediátricos que necessitam de transfusões com regularidade.

Caravana

No dia 25 de junho, o Oncológico Infantil realizará a Caravana de Doação de Sangue e Medula Óssea. A parceria com a Fundação Hemopa possibilitará o uso de um micro-ônibus para o transporte dos doadores até a Fundação de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa).

Além dos colaboradores do hospital, também são mobilizadas pessoas da população em geral para fazerem as doações. Os interessados devem dirigir-se à Fundação Hemopa, munidos de documentos de identidade original com foto, e informar o Código 1766, referente ao Hospital Oncológico Infantil.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.