Conecte-se conosco

FAMOSOS

Francy Lima e Banda Queens Musical, movimenta a cena musical paraense no ‘Festival Minha Banda na Cultura’

Publicadas

sobre

Como parte das ações de ativação do cenário cultural, abalado pela pandemia da Covid-19, foi lançado o Festival ‘Minha Banda na Cultura’, que garante visibilidade para os trabalhos artísticos e renda a bandas e grupos musicais do Estado. A iniciativa é da Academia Paraense de Música (APM), com apoio institucional do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), e patrocínio do Banco do Estado do Pará. A TV Cultura é correalizadora da ação, com parceria do Sindicato dos Músicos (Sindmuspa) que atuou na curadoria e organização cadastral dos selecionados.

Release da Artista Francy Lima Até a Formação da Banda Queens Musical Belém

Francy Lima, 29 anos, apresentava seus dons musicais desde muito cedo. Aos 7 anos de idade, inicialmente na igreja sendo solista de coral, Na igreja de São Domingos de Gusmão no bairro da Terra Firme.

Aos 15 ajudou a criar uma ONG – Polo São Pedro, fundada nas propriedades de sua família com a ajuda da Igreja católica, na época com o renomado Pé. Bruno Secci a frente, ajudou a  ensinar crianças a ocupar suas mentes aprendendo música, teatro e dança. Além de se apresentar junto com os professores e instrutores musicais, também aprendeu o básico de violão.

Fez uma participação no Coral Itacy Silva do Carlos Gomes.

Aos 17 foi chamada para sua primeira cerimônia de casamento cantando a música sacra AVE MARIA de GOUNOD, foi na Igreja de Santo Antônio de Lisboa. Chegou a conhecer grandes mestres da Música em meio a estes eventos como Sebastião Tapajós e chegou a cantar no velório do Ex Governador Almir Gabriel. (Segue fotos em anexo)

Em 2014 a 2016, além de trabalhar em eventos, haviam duas bandas com a cantora, Quarteto Liz, que apresentava um estilo musical bem popular. E a banda Reggaelize it, especificamente do gênero reggae que já tocou em vários festivais e casas de show bem reconhecidas em Belém.

No ano de 2018, fundou sua própria Equipe de eventos em Belém, a Queens Musical Belém, onde ela mesma fundou há 4 anos, inicialmente era conhecida como Grupo Francy Lima Show e em 2020  houve a mudança de nomenclatura.

Estima-se que já produziu e interpretou mais de 3.000 apresentações de música popular e música clássica/gospel/erudita em eventos nestes 12 anos de serviço ao público musical.

Devido a Pandemia, em Outubro de 2020, voltou aos palcos cantando na noite em lugares de público diversificado e aberto. Cantando todos os estilos musicais e entretendo os espectadores com sua musicalidade. Seguindo firme e forte em busca de reconhecimento e retorno aos trabalhos, mesmo em meio a uma crise pandêmica mundial, por amor a música e aos palcos.

E no início deste ano (2021), ela chega com dois novos projetos para sua área: Uma banda de pop rock, Viúva Negra Band e lança seu nome Francy Lima como cantora independente e intérprete nas casas de show de Belém, em busca de todo o tipo de retorno seja em eventos, festas e clubes.

Sobre o videoclipe.

É um clipe lançado com apoio da Uniaspa, Rede cultura de comunicação, academia paraense de música, Secreta de cultura e governo do estado. A banda @queensmusicalbelem foi selecionada em uma seletiva para que os músicos possam receber um retorno financeiro, por meio dessa produção audiovisual.

O videoclipe conta com o apoio e participação de 5 músicos e um videomaker , lançado nas plataformas do YouTube, em sua página de divulgação da banda. E também, na Tv Cultura de comunicação e nas redes sociais da Uniaspa.

Propaganda
1 Comment

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.