Conecte-se conosco

BELÉM

SeMOB realizou ações de ordenamento em ciclofaixas e ciclovias da cidade

Foto: João Gomes/COMUS / Fonte: Agencia Belém

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB) deve concluir, no final de maio, a implantação da ciclofaixa/ciclovia na avenida Pedro Miranda, do trecho entre a praça Eneida de Moraes até a Dr. Freitas, totalizando 2,7km. Os ciclistas que já trafegam pela nova ciclofaixa implantada na pista central da avenida, no trecho que vai da Praça Eneida de Moraes até a travessa Lomas Valentinas, aprovaram a novidade.

“Agora ficou mais seguro para a gente, principalmente porque pedalo na Pedro Miranda para ir ao trabalho e às compras”, disse o padeiro Batista da Costa. O autônomo Antônio Luiz Barros também é da mesma opinião de que a ciclofaixa vai garantir mais segurança aos ciclistas que pedalam na avenida para se deslocar, principalmente, ao trabalho. “Melhorou muito, agora temos mais segurança e tranquilidade ao pedalar na avenida”, comentou o vassoureiro Manoel de Oliveira Braga.

A ciclofaixa foi implantada até a Travessa Lomas Valentinas. Da Lomas até a Dr. Freitas está sendo construída uma ciclovia. Com isso, a malha cicloviária de Belém passará para 113,72km.

Segundo o coordenador de projetos e programas de educação no trânsito da SeMOB, Antônio Quingosta, para a implantação da ciclofaixa foi feito um estudo e constatou-se um trânsito desordenado de ciclistas, condutores e pedestres naquela via. “Foi implantada a sinalização horizontal e vertical para dar mais segurança e ordenação ao ciclista”, explicou o coordenador. 

Maio Amarelo – Dentro da programação do Maio Amarelo, de sensibilização para um trânsito mais seguro, a SeMOB está intensificando ações educativas na avenida, a partir desta segunda-feira, 24, no sentido de envolver a população nessa campanha a contribuir para a prevenção de acidentes. 

O grupo de arte-educadores Trupe da Mobilidade, da SeMOB, está desenvolvendo uma ação educativa com abordagem lúdica a condutores, ciclistas e pedestres orientando a forma correta de utilização dos seus respectivos espaços e de conscientização sobre esse novo local de sociabilização da cidade. 

O grupo usa do bom humor para sensibilizar a população quanto à segurança na ciclofaixa e ciclovia. A ação educativa ocorrerá durante toda esta semana, na Pedro Miranda, sendo um trecho por dia. Nesta segunda-feira, 24, ocorreu entre as travessas Antônio Baena e Vileta. Nos dias 25 (terça-feira) e 26 (quarta-feira), a ação será no trecho entre as travessas Vileta e Mauriti. Já nos dias 27 (quinta-feira) e 28 (sexta-feira), no trecho entre as travessas Mauriti e Lomas Valentinas. A ação ocorre sempre no horário das 8h às 11h.

Fiscalização – Além das ações educativas na avenida Pedro Miranda, que não têm caráter punitivo, a SeMOB mantém fiscalizações diárias com agentes de trânsito fixos e em ronda diurna e noturna para coibir o trânsito, parada e o estacionamento irregular de veículos em ciclofaixas da cidade, principalmente nos horários de grande incidência dessas infrações.

É o caso das avenidas Júlio César, especificamente, na praça do Marex; Arthur Bernardes, principalmente próximo ao porto de Miramar; na Augusto Montenegro e na rua dos Mundurucus, em especial no trecho do Horto Municipal.

Penalidades – A SeMOB ressalta que mudanças no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) agravaram infrações relacionadas às ciclofaixas e ciclovias. Estacionar passou a ser considerada infração grave, com 5 pontos na carteira e multa de R$ 195,23. Transitar passou a ser considerada infração gravíssima, com valor da multa triplicado, ou seja, R$ 880,00 e 7 pontos. Não reduzir a velocidade ao ultrapassar ciclista se tornou infração gravíssima (7 pontos) e multa de R$ 293,40. 

A partir dessa mudança, condutores que costumam usar as ciclofaixas como local de parada para o embarque e desembarque de passageiros poderão ser punidos com infração grave. O CTB não previa essa autuação para parada, apenas estacionamento e circulação nas ciclofaixas.

Por: Rosangela Gusmao

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.