Conecte-se conosco

FAMOSOS

Rednelson lança clipe da música “Lá vem ela” do seu EP “Beta”

O artista transformou a tradicional chuva da tarde de Belém em música
que irá ganhar videoclipe no dia 28 de maio

Crédito: Rogério Folha / Fonte: Correio Paraense

Tocando os acordes de uma bela guitarrada, misturado a vários outros estilos, o paraense Rednelson lançou seu primeiro EP intitulado “Beta”, em dezembro de 2020, com produção musical de Marcel Barreto pelo estúdio Budokaos e selo da Na Music. O EP conta com 3 músicas autorais do artista, que lança no dia 28 de maio, o videoclipe da música “Lá Vem Ela”, que conta com a participação da cantora Taiara Miranda e do tecladista Celso Vaughan.

A música é um retrato da forte ligação do compositor com os ciclos da água. Concebida em meio as tardes chuvosas, escorrendo nas copas das mangueiras, a tradicional chuva da tarde de Belém, Rednelson tentou recriar o sentimento renovador que a chuva pode nos trazer.

“A canção fala sobre o processo de renovação. Sobre deixar os sentimentos fluírem e se entregar às situações. A chuva faz parte do ciclo da água que passa por vários processos de transformação e o sentido todo é encarar esses processos de forma natural, mas sem perder de vista o valor que isso traz a cada um”, explica o cantor sobre sua composição.

O clipe foi gravado pelo filmaker Vinícius Fleury, pela produtora FLEMI, no Sítio do Leal, local onde Rednelson passou grande parte da infância, além de outros pontos da cidade que compuseram o plano de fundo da canção que retrata um dos símbolos da cidade à beira rio. A make hair feita por Jr. Paraense e a participação do intérprete criador Luan Silva.

O EP “Beta” é o início de toda uma carreira musical que o artista almeja atingir. Esse é o primeiro passo de um caminho que vai resultar na realização de um sonho que esteve com ele durante toda uma vida e agora vai apresentar ao público paraense um pouquinho da sua arte refletindo uma formação musical eclética, do rock à MPB, do encontro com identidade paraense ao aprendizado que ele ganhou dos laços de amizade com gente que vive música.

Ele não é o boto, mas encanta quando canta e quando conta. Suas canções retratam a beleza do dia-a-dia que ao se combinarem com notas musicais, resultam na transformação de uma vivência em um espaço comum eternizado na música. Essa troca de encantos estará nos palcos e na plateia que o assistir.

Crédito: Rogério Folha

Histórico do cantor

Aos 12 anos o Rednelson ganhou seu primeiro instrumento, foi quando começou a tocar e cantar. Contudo, a música já fazia parte da sua vida antes mesmo que ele pudesse recordar, e esse desejo o acompanha desde a infância. Autodidata em música, se considera um eterno aprendiz das incontáveis variações que tons e timbres podem ensinar.

A nascente de seu fluxo musical foi cantando covers do Nirvana, depois tocando em uma pequena banda autoral entre amigos na adolescência. Mudou o curso da sua aptidão pelas artes e mergulhou na fotografia, mas sua paixão pela música foi maior, e o cantor resolveu então retomar o caminho musical fazendo parte do projeto Chico Bloco de Hollanda, cantando numa contagiante energia carnavalesca e agora desemboca nas composições que o acompanharam a vida toda.

Perguntas e respostas com Rednelson

Como foi o processo de Composição da música?

“Eu concebi a música em meio às tardes chuvosas, olhando a água escorrer entre a copa das árvores, batendo no vidro, arrastando a rua. Na época em que eu compus essa música, eu estava com um teclado emprestado de um amigo em casa que peguei emprestado para estudar. E tocando de pouco em pouco, a melodia apareceu e combinou com uma poesia que eu estava escrevendo na época”.

Como foi o processo do clipe. O roteiro e quem participou de toda a Produção?

“Quando eu decidi que queria fazer um clipe dessa música, entrei em contato com o Vinicius Fleury, da produtora Flemi, e marcamos um dia para conversar sobre as ideias do clipe. Foi um processo bem divertido, pois como sou fotógrafo, fizemos um processo de brainstorm das ideias que vinham na cabeça e transformamos em roteiro as cenas que imaginamos. A maior parte das cenas gravamos no Sítio do Leal, que pertence a minha família e onde eu passei boa parte da minha infância. Contamos com a presença do interprete criador Luan Silva, maquiagem e cabelo com o Jr Paraense. Também contamos com o apoio de Diana Marques e da cantora Sinara Costa no dia das filmagens para ajudar com figurino e redes sociais.

Torcemos demais para que não chovesse na hora, pois apesar de fazer parte da música, a chuva iria atrapalhar bastante a produção. Por sorte a chuva veio apenas no final e nos rendeu imagens belíssimas.

E seu primeiro clipe? E qual público você deseja alcançar com suas músicas?

“É meu primeiro vídeo clipe. Pra mim é uma experiência libertadora poder gravar um clipe que vai acompanhar essa canção na história. O meu maior desejo é que as pessoas encontrem fortalecimento e acalento para a alma e que os artistas novos, como eu, se sintam encorajados e correr atrás de seus sonhos. Cedo ou tarde eles se realizam”.

Serviço: Lançamento do videoclipe do single “Lá Vem Ela”, do cantor paraense Rednelson, no dia 28 de maio, às 13h no canal do YouTube do artista https://www.youtube.com/watch?v=8MmTcCR2tGI

Fotos: Rogério Folha
Make Hair: Junior Belém
Instagram de Rednelson: https://www.instagram.com/o.rednelson/
Assessoria: Benitez Produções – Alê Navegantes
Contato : 98030-1626

Propaganda
1 Comment

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.