Conecte-se conosco

COLUNA - PRAGAS URBANAS & VOCÊ

Morcegos e suas características!

Foto: Reprodução / Fonte: Correio Paraense

Os morcegos são os únicos mamíferos com capacidade de voar, devido à transformação de seus braços em asas. Com exceção das regiões mais frias, os morcegos podem ser encontrados em todas as regiões do mundo. Somente no brasil, existem mais de 100 espécies de morcegos.

Como se comunicam?  

Os morcegos são de hábitos noturnos saindo de seus abrigos ao entardecer ou no início da noite. Comunicam-se e voam orientados por sons de altíssima frequência, conseguindo localizar obstáculos e suas presas. No entanto, tais frequências são incapazes de serem ouvidas por humanos.

Do que se alimentam?

Seu hábito alimentar depende de sua espécie.

Existem os que se alimentam de frutos, néctar e pólen das flores, insetos, pequenos vertebrados e sangue.

Onde se abrigam?

Os morcegos podem se abrigar em diferentes locais, de acordo com sua espécie.

Por exemplo, cumeeiras, forro e beirais de edificações, juntas de dilatação dos prédios, chaminés, dutos de ventilação, porões, sótãos, garagens, árvores com copas bem fechadas e entre as folhagens das árvores.

Qual seu ciclo de vida?

Dependendo da espécie, apresentam uma gestação de 2 a 7 meses, no geral nascendo um filhote por gestação.

Nos primeiros meses os filhotes são alimentados com leite materno e, gradativamente, começam a ter a mesma dieta de seus pais.

Causam riscos a saúde humana?

É verdade que os morcegos são úteis ao homem e à natureza, visto que fazem a polinização das flores e a dispersão de sementes de diversas plantas, e são importantes na recuperação de áreas desmatadas, e por isso devem ser preservados! Contudo, uma vez em meio ao homem podem gerar perigos.

Os morcegos não costumam atacar humanos, porém, independente da espécie, mordem quando perturbados ou indevidamente manipulados. E se estiverem infectados, podem transmitir a raiva que é uma doença fatal se não houver socorro imediato. Portanto, evite contato direto com estes animais.

Como evitar que se instalem em sua casa?

Para adentrar em forros por exemplo, eles só precisam de pequenos acessos que vão de 3 a 5 centímetros. Vai construir ou reformar?  Pense nisso, faça a devida barreira física tampando os possíveis acessos para seu telhado. Mas se você já construiu e já tem esse problema em casa, trate de fazer uma barreira física com tela moeda, espuma expansiva, placas de forro e etc.

Existem produtos para espantá-los?

 Sim! Entretanto, a ação desses produtos (Gel repelente ou produtos à base de citronela) são vão servir como medidas paliativas, para que nesse meio tempo, você possa fazer a barreira física, visto que em poucas semanas, eles irão se acostumar.          

Na dúvida opte por uma empresa especializada.

Proteja-se! Pragas podem matar.

Por: Sidney Costa – Diretor da ECCOPRAGA – Soluções ambientais

Instagram @eccopraga
Fone/ WhatsApp: (91) 98127-0480
E-mail: eccopraga@eccopraga.com   

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.