Conecte-se conosco

SAÚDE

Sesma capacita profissionais de saúde para aplicação da vacina da Pfizer

Nesta quarta-feira, 05 de maio, a Prefeitura de Belém inicia uma nova etapa da campanha de imunização contra a Covid-19. Desta vez, será aplicada a vacina produzida pelo laboratório norte-americano Pfizer em parceria com a empresa alemã BioNTec. Nesta quarta, a vacinação será destinada a pessoas de 59 anos de idade (nascidas em 1962) e com comorbidades. Na quinta-fera, dia 6, o público-alvo é formado por quem tem 58 anos de idade (nascidos em 1963), também com comorbidades. Como a vacina precisa ficar em ambiente refrigerado, os pontos de vacinação não vão funcionar em sistema drive-trhu. A segunda dose da vacina, de acordo com a bula, precisa ser ministrada daqui a um 21 dias.

Por questões técnicas e condições do próprio fabricante, a vacina da Pfizer exige um transporte e um armazenamento diferenciados. Por isso, nesta terça-feira, 04, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) de Belém promoveu um treinamento sobre como aplicar a vacina. Oitenta profissionais da Sesma participaram do curso, que durou o dia todo. Eles receberam informações sobre conservação, manuseio, preparação para a aplicação, além de conhecimentos para tirar dúvidas da população.

“Nós recebemos a vacina, estamos treinando o nosso pessoal, pois ela tem um diferencial. O imunizante vem em pó, e precisa ser diluído antes da aplicação da dose”, explica a coordenadora de Imunização da Sesma, Nazaré Athaíde.

Imunizante – Um frasco da vacina da Pfizer possui seis doses, cada dose com 0,3 ml. Nesta segunda-feira, 03 de maio, Belém recebeu 14.040 doses do imunizante, as quais serão todas destinadas à vacinação de pessoas com comorbidades. A previsão da Sesma é de que 12 mil recebam a vacina.

Armazenamento adequado – As doses da vacina foram transportadas em um caminhão isotérmico, que atinge temperaturas de até -20°C, direto para a Central de Imunobiológicos da Secretaria Municipal de Saúde. Nessa Central, o imunizante está armazenado em uma câmara fria, com temperatura de +2°C a +8°C. A recomendação é de que, nesse ambiente, a vacina deve permancer por até 5 dias, ou seja, 120 horas.

>> Leia maisPrefeitura de Belém dá continuidade à vacinação do grupo de comorbidades

Por: Carolina Boução
Fonte: Agência Belém

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.