Conecte-se conosco

BELÉM

Deputado revolta vizinhos por construir novo andar em duplex e Moradores temem que a obra danifique a estrutura do edifício

Foto: Reprodução/Google Street View / Fonte: Pleno News

Em Belém (PA), a construção de um novo pavimento, no duplex do deputado estadual Gustavo Sefer (PSD), está causando polêmica. Vizinhos estão com medo de a obra afetar a estrutura do Edifício Aquarius, no bairro Umarizal.

Com o objetivo de embargar a continuação da obra, os condôminos acionaram o Ministério Público do Pará (MP-PA). O MP solicitou que a Secretaria de Urbanismo de Belém (Seurb) faça, em até dez dias, uma vistoria técnica e análise de segurança no prédio.

A Seurb disse que a obra está sendo realizada sem alvará.

O promotor de Justiça Raimundo de Jesus Coelho de Moraes, da 3ª Promotoria de Meio Ambiente, Patrimônio Cultural, Habitação e Urbanismo, pediu manifestação técnica sobre a segurança estrutural e possíveis riscos causados pela construção.

– A obra gera preocupação pois a estrutura não inclui mais um andar em seu projeto e já estaria no limite e com sua capacidade de carga esgotada, em razão de problema anterior de cálculo causado pelas piscinas construídas em cada pavimento – disse Moraes ao portal G1.

Gustavo mora com seu pai, o ex-deputado estadual, Luiz Afonso Sefer (PP), que em 2010 foi condenado pela juíza Maria das Graças Alfaia a 21 anos de prisão pelo estupro de uma menina de 9 anos que residia com ele. A garota teria sofrido abusos sexuais até os 13 anos. No processo referente ao estupro, Gustavo Sefer também foi citado porque a criança revelou que o pai chegou a obrigar o filho a fazer sexo com ela. Por 2 votos a 1, em julgamento de recurso, Luiz Afonso foi absolvido no Tribunal de Justiça do Pará, um ano depois.

Em 2018, o caso foi parar no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que restabeleceu a condenação de Luiz Afonso. Em abril de 2019, porém, o tribunal anulou o processo desde a investigação criminal.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.