Conecte-se conosco

COLUNA - PRAGAS URBANAS & VOCÊ

Baratas em Apartamentos e Casas, por que e como?

Foto: Reprodução / Fonte: Correio Paraense

Por que?

Talvez você já tenha dito algo do tipo, “na minha casa zelo pela limpeza, não entendo porque tem baratas, formigas e etc”.

A bem da verdade, é que não importa quão limpa é sua casa, isso não será o fator determinante para a ausência de Pragas.

As grandes vilãs de seu lar são as “Baratinhas”. Embora muito parecidas, costumam habitar em sua residência duas espécies, Blatella Germânica (medindo no máximo 1,9 cm) e Supella Longipalpa (medindo no máximo 2cm), também conhecidas por francesinha, paulistinha e barata alemã, ambas com hábitos semelhantes. Se falarmos especificamente de casas, sobre tudo no térreo, aí já agrega a esse problema também baratas grandes.

As pragas na sua grande maioria, precisam para estar no ambiente do que chamamos de “4 As”: Água, Alimento, Abrigo e Acesso. E certamente você terá esses “4 As” em seu lar. Sobre os pontos em que preferem fazer de abrigo, também já consideramos no artigo anterior.

Como?

De onde vêm essas baratinhas nojentas que causam alergias, infecções e etc?

Muitos afirmam que essa espécie de baratas venha dos bueiros, caixas de esgoto e caixas de gordura. Mas a resposta é não.  As baratas que provém desse tipo de ambiente são baratas grandes (pere-planeta americana e blatta orientalis), conhecidas como cascudas, voadoras, monstros rsrs … Caso encontre esse tipo de barata em sua residência, aí sim, sua conclusão estará certa. Por essa razão, que essas espécies grandes são mais comuns em casas do que em apartamentos.

Essas baratinhas trazemos de supermercados, cuba de ovo, casca da cebola e caixas de papelão (isso explica você ter baratas no seu automóvel), transporte público, caixas de eletrodoméstico e eletroeletrônico e do vizinho ao virem por baixo das portas. Uma observação importante, ás vezes você não traz a barata em si, mas traz a ooteca, e dela geram cerca de 40 baratinhas. Uma vez em seu lar, elas proliferam rapidamente e se adaptam com facilidade se abrigando principalmente em Armários, embaixo de pia, Castilhos de portas, borracha da geladeira e em baixo de cadeiras e mesas de madeira.

Quer tratar essas baratas de forma eficaz? Sempre dê prioridade para Gel, sobre tudo se tiver uma alta infestação. Não utilize produtos em aerossol para alta infestação. Você matará algumas, no entanto, a chance de você transformar as baratas que ficarem em “mutantes” são enormes, visto que cada vez mais, irão criar resistência ao princípio ativo do produto. Isso porque, você aplicará da forma errada, no local errado e na quantidade errada. Por mais que você troque de marca, o princípio ativo sempre será o mesmo em 98% dos produtos.

Na dúvida opte por uma empresa especializada.

Proteja-te! Pragas podem matar.

Por Sidney Costa – Diretor da ECCOPRAGA – Soluções ambientais
Insta: @eccopraga
Fone/WhatsApp: (91) 98127-0480
E-mail: eccopraga@eccopraga.com    

Propaganda
2 Comments

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.