Conecte-se conosco

FUTEBOL

Federação Paraense de Futebol só vai retomar o Parazão após liberação do governo do estado

Foto: Jorge Luiz / Fonte: Blog Zé Dudu

O Campeonato Paraense de 2021 paralisou logo após o encerramento da terceira rodada da primeira fase, disputada no dia 14 de março. O estadual parou devido ao lockdown decretado pelo governador do Pará, Helder Barbalho, na Região Metropolitana de Belém, abrangendo os municípios vizinhos como Ananindeua, Benevides, Marituba e Santa Bárbara – todos no chamado bandeiramento preto.

Os 12 clubes que disputam a atual edição do Parazão demonstraram interesse em seguir com a competição, inclusive sugerindo um plano B para a Federação Paraense de Futebol (FPF): seguir com a bola rolando em alguns polos de cidades no interior do estado que não estão em lockdown. A diretoria da FPF, no entanto, já antecipou que o estadual vai seguir paralisado até receber alguma autorização do governo do estado.

“Primeiramente para falar de qualquer possibilidade de retomada da competição, é importante que fique bem claro que a Federação Paraense só irá retomar o campeonato após liberação por parte do governo do estado. Nós não iremos retomar a competição. Nessa questão de uma possível continuação do Parazão no interior, de novo, nós só iremos retomar a competição, independente onde seja, se nós tivermos a autorização por parte do governo do estado,” afirmou Del Filho, diretor de competições da FPF.

A ideia dos clubes é de que a disputa poderia seguir em três polos, com partidas nas cidades de Bragança, Castanhal e Paragominas, onde cada uma seria sede de uma chave do Parazão, já que a competição está dividida pelos grupos A1, A2 e A3. Outras cidades sugeridas, que também não estão em bandeiramento preto, foram as da região sudeste, como Marabá e Tucuruí.

“Mesmo que o decreto estadual do lockdown não afete essas cidades do interior, no momento a Federação Paraense de Futebol não está levando em consideração essa hipótese. Nós queremos retomar a competição para o mesmo formato em que ela estava sendo disputada. Não iremos retomar o Parazão sem a liberação do governo do estado,” reforçou Del Filho.

Com o lockdown na capital, as atividades esportivas estão proibidas, não somente jogos, mas também os treinos. Sendo assim, a dupla Remo e Paysandu pegou a estrada e está treinando na cidade de Castanhal para não deixar seus elencos parados. Outras duas equipes que vêm buscando alternativas para poder movimentar seus atletas são a Tuna Luso e o Carajás, as quais estão trabalhando apenas de forma online, com os jogadores recebendo orientações de suas comissões técnicas. 

POR FÁBIO RELVAS

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.