Conecte-se conosco

Pelo terceiro dia consecutivo, Belém é a capital com maior índice de isolamento social

Foto: Bruno Cecim / Ag.Pará / Fonte: Agência Pará

BELÉM

Pelo terceiro dia consecutivo, Belém é a capital com maior índice de isolamento social

O Pará também continua em segundo lugar entre os estados brasileiros, com 43,03% da população em casa

Na quinta-feira (18), Belém segue em primeiro lugar entre as capitais, com 47,51% de pessoas em casa, registrando o melhor índice de isolamento social por capital no Brasil, pelo terceiro dia consecutivo. O Pará também continua em segundo lugar entre os estados brasileiros, com 43,03% da população permanecendo em suas casas no quarto dia de bandeiramento preto (lockdown) em cinco cidades da Região Metropolitana. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (19), pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup).

Os registros, atualizados diariamente pela plataforma In Loco, demonstram um aumento em relação ao primeiro dia de lockdown. O índice marcado em Belém aproxima-se dos 50%, recomendado pelas autoridades sanitárias para redução do contágio pelo novo coronavírus.

Desde quarta (17), na Região Metropolitana, os agentes de segurança deram início à aplicação de multas em casos de descumprimento das normas previstas no Decreto 800/2020, o que pode ter contribuído para o aumento do índice. De 00h01 até às 23h59 de quinta-feira (18), foram registradas 90 multas, sendo 85 de pessoa física e cinco de pessoa jurídica.

Estratégia

A parceria com a empresa que desenvolveu o programa de monitoramento do isolamento social contribui com as estratégias de fiscalização, policiamento e formação de barreiras pelos órgãos de segurança.

Para o secretário Ualame Machado, a sociedade precisa caminhar junto com as fiscalizações, saindo apenas para o essencial, evitando ainda mais a disseminação do coronavírus.

“A polícia pode fazer muito, mas não pode fazer tudo. Então, é essencial que a população faça a sua parte. Os números avaliados este ano, levando em consideração todo o Brasil, demostram que as pessoas estão mais nas ruas, dando a entender que estão com menos medo, muitos porque já se vacinaram, mas é preciso entender que o vírus permanece circulando”, pontuou o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado.

Denúncias – Denúncias sobre qualquer desobediência ao decreto que necessitem de averiguação podem ser feitas para a atendente virtual Iara pelo whatsapp (91) 98115-9181, ou pelo formulário localizado no site da Segup, e ainda por chamada convencional via 181. Para casos que necessitem de atuação imediata, é preciso ligar para o 190.

Índices na Região Metropolitana

Nos municípios da RMB que estão em lockdown, as taxas de isolamento foram: Ananindeua (45%), Marituba (40,9%), Santa Bárbara (34,9%) e Benevides (46,5%).

Em Belém, os melhores índices de isolamento social foram registrados no Castanheira (68,2%), Pedreira (61,5%) e Reduto (60,3%). Os piores registros aconteceram em Tapanã (22,7%), Campina (29,2%) e Mangueirão (30,0%).

Em Ananindeua, os piores índices foram apontados nos bairros: Guanabara (28,6%), Águas Brancas (31,1%) e Curuçambá (32,1%). Os que mais respeitaram foram: Centro (71,4%), Coqueiro (58,5%) e Aurá (55,9%).

Por Aline Saavedra (SEGUP)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
To Top