Conecte-se conosco
Foto: Reprodução / Fonte: Portal Cultura

CURIOSIDADES

Fake News | Todo cuidado é pouco antes de passar adiante uma mensagem recebida

Dicas para evitar: Desconfie, Duvide, Avalie a credibilidade se é verdade ou não o ocorrido

Mentiras e discursos enganosos sempre existiram. Mas, com a internet e o advento das redes sociais, a veiculação de informações falsas alcançou um patamar ainda mais alto. Praticamente tudo o que se publica “viraliza” e as consequências disso, em se tratando de notícias falsas, podem ser devastadoras, sobretudo em períodos eleitorais. Assim, todo cuidado é pouco antes de passar adiante uma mensagem recebida. Nesse sentido, algumas dicas podem ser seguidas. Confira a seguir.

1. Desconfie sempre daquilo que recebe pelas redes sociais

Há diversos canais de circulação de notícias falsas, disseminadas velozmente pela internet, com o intuito de manipular pessoas e destruir reputações, bem como para influenciar eleições e disseminar o pânico.

Em aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, por exemplo, a informação se propaga livremente sem fonte. É comum circularem áudios e vídeos de “especialistas” ou de alguém que conhece a pessoa que disse aquilo. Portanto, desconfie sempre desse tipo de informação e não a repasse a seus contatos.

2. Duvide da veracidade das informações noticiosas

As pessoas costumam a acreditar naquilo que está de acordo com a sua forma de pensar. Logo, notícias falsas que confirmem ideias e valores que a pessoa possua facilmente passarão por verdade, podendo ser compartilhadas sem qualquer tipo de questionamento.

Se ninguém sabe de onde surgiu aquela informação, estranhe. Se parece ser algo muito importante, mas não apareceu em outros veículos, desconfie. Além disso, fique atento à data da informação: uma notícia verdadeira publicada anos atrás, pode ser descontextualizada e compartilhada, confundindo quem a recebe.

3A notícia foi publicada em veículos jornalísticos sérios?

Veículos jornalísticos, sejam de grande imprensa ou de imprensa alternativa, valorizam a sua credibilidade e, por isso, têm compromisso com a apuração dos fatos. Veículos que se utilizam de notícias falsas não estão preocupados com isso. Sites propagadores de fake news chegam a utilizar a estrutura e os recursos da notícia para dar à mentira uma “cara” de verdadeira. Na dúvida, vá atrás da fonte original.

4Dê uma olhada nos sites de checagem

Há sites especializados na checagem de informações, avaliando se é verdade ou não o ocorrido. No Brasil temos os seguintes: Agência LupaFato ou FakeProjeto Comprova e o E-Farsas.

Qualquer coisa pode circular nas redes e se você compartilha sem checar estará sendo apenas uma ferramenta da máquina de propagação de mentiras. Tenha em mente que as fake news se alimentam de compartilhamentos. Portanto, não passe adiante sem ter a certeza da veracidade do fato.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
To Top