Conecte-se conosco

Pará começa a vacinar profissionais de saúde que atuam no sistema penitenciário

Foto: Reprodução / Fonte: Agência Pará

PARÁ

Pará começa a vacinar profissionais de saúde que atuam no sistema penitenciário

Na Região Metropolitana de Belém e no interior os servidores recebem a primeira dose das vacinas CoronaVac/Sinovac e Oxford/AstraZeneca

Nesta terça-feira (2), a vacinação contra a Covid-19 chegou para 40 profissionais de saúde que atuam no Complexo Penitenciário de Marituba, na Região Metropolitana de Belém, e também para outros servidores da área de segurança pública do município. A aplicação da vacina ocorreu no Instituto de Ensino de Segurança do Pará (Iesp), e continuará em Marituba nesta quarta-feira (3) para servidores que não estiveram presentes hoje. A segunda dose está prevista para o dia 23 deste mês.

A primeira dose de vacina CoronaVac/Sinovac foi ofertada aos profissionais de saúde dos presídios Estaduais Metropolitano (PEM I, II, III). A ação foi realizada pela Secretaria Municipal de Saúde, beneficiando todos os servidores de saúde dos órgãos de segurança pública do município, respeitando os grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde. Além de profissionais da Seap, foram imunizados servidores da área de saúde do Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar, Instituto Médico Legal (IML) e de outros órgãos.

O objetivo é que o número de servidores vacinados aumente nos próximos meses, assim que novos lotes de imunizantes estejam disponíveis a todos os servidores do sistema de segurança do Estado.

Vacinação no interior – Ainda nesta terça-feira (2), também foram vacinados profissionais de saúde do Centro de Recuperação Agrícola Silvio Hall de Moura (CRASHM), da Central de Triagem Masculina (CTM) e do Centro de Recuperação Feminino (CRF) em Santarém, no Oeste do Pará, nas instalações do Complexo Penitenciário de Cucurunã. A vacina aplicada foi a Oxford/AstraZeneca.

A vacinação está em curso no Centro de Recuperação de Breves, no Arquipélago do Marajó. Na última semana também foram vacinados servidores de saúde dos Centros de Recuperação de Paragominas, no Sudeste, e Vitória do Xingu, no Oeste, por meio de parceria com as prefeituras municipais e as unidades penitenciárias.

Por Vanessa Van Rooijen (SEAP)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
To Top