Conecte-se conosco

SAÚDE

Adultos com variante de Manaus têm 10 vezes mais vírus no corpo

Foto: Reprodução / Fonte: Pleno News

Um estudo da Fiocruz revelou que adultos infectados pela variante brasileira P.1, originária do Amazonas, possui carga viral dez vezes maior que os pacientes contaminados com outras cepas.

– Se a pessoa tem mais carga viral nas vias aéreas superiores, a tendência é que ela vai estar expelindo mais vírus, e se ela está expelindo mais vírus, a chance de uma pessoa se infectar próxima a ela é maior – explica o líder do estudo e pesquisador da Fiocruz Amazonas, Felipe Naveca.

Na prática, a maior quantidade de vírus no corpo não contribui para a gravidade da doença, mas influencia diretamente na rapidez da transmissão.

– Carga viral não está relacionada com gravidade, a gente tem pacientes com alta carga viral e sintomas muito leves ou até sem sintomas – relata Naveca.

A pesquisa levou em conta 250 códigos genéticos do vírus durante quase um ano. Ela ainda não passou por revisão de outros cientistas, nem foi publicada em revista, mas pode ser conferida online.

Por: Thamirys Andrade

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.