Conecte-se conosco
Imagens: Hugo Tomkiwitz / Fonte: Ascom Ananindeua

ANANINDEUA

Prefeitura de Ananindeua desenvolve atividades voltadas à prevenção da gravidez na adolescência

A Prefeitura de Ananindeua, através da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Trabalho (Semcat), preocupada com o desenvolvimento social das jovens e adolescentes do município, vêm desenvolvendo diversas ações de orientação a prevenção da gravidez na adolescência, através de lives com especialistas, entrevistas pelas rádios com a participação do público, além da distribuição de informativos.

No Cras Guanabara o assunto foi debatido através de uma roda de conversa com orientadores do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e alunos estagiários na área da Assistência Social, onde também foi gravado um curta-metragem com a participação dos servidores orientando e abordando a temática.

De acordo com  o Ministério da Saúde, cerca de 66% dessas gestações não são planejadas e 75% dessas mães de 11 a 17 anos abandonam a escola e isto está ligado a falta de orientação familiar.  “Achei muito bom essa conversa, os jovens daqui padecem por falta de conhecimento e esse momento aqui é muito bom para comunicar os jovens, porque tem meninos e meninas que não fazem o uso da prevenção e esse e o momento para que passem a conhecer. A gravidez e uma coisa muito séria e as pessoas não pensam antes de fazer e quando acontece as situações são muito prejudiciais” relatou Iasley Ribeiro Xavier, 15 anos, morador do bairro do Curuçambá.

Na manhã desta quinta-feira (25), o bairro do Curuçambá reuniu moças e rapazes para falar sobre o trabalho dentro da assistência e fomentar a proteção, o cuidado com esses jovens e orientá-los para que eles possam ter o fortalecimento disciplinar pessoal, familiar e até comunitário. A roda de conversa pelos CRAS é também a oportunidade de conhecer os jovens e sua rotina com a família e os seus anseios.

“Hoje o índice e muito alto de moças grávidas no município e principalmente dentro do bairro do Curuçambá, em um período da juventude onde deveriam ocupar a escola ou na fase inicial de inclusão no mercado de trabalho e por conta da gravidez ele acaba perdendo a expectativa de futuro pela frente” concluiu Francy Moura, coordenadora do Cras Curuçambá.

Na roda de conversa, através desse dialogo, é perceptível que a maioria dos jovens não sabiam do Programa de Planejamento Familiar (PLF) e desconhecem que as unidades de saúde disponibilizam anticoncepcionais, preservativos de forma gratuita e acabavam engravidando por não ter dinheiro para comprar.

“A intenção hoje foi de orientá-los, acolhê-los, trazer mais próximos para o Cras para criar um vínculo de fortalecimento através do conhecimento adquirido nesse período da adolescência para amadurecer a idéia de que a adolescência, ela pode ser mais descomplicada e que tudo tem seu tempo e que tanto o sexo quanto a gravidez tem o seu tempo para acontecer” comentou Ayla Queiroz, Assistente Social e ministrante da roda de conversa.

Serviço – A programação segue nesta sexta-feira, 26 de fevereiro, às 10h, ao vivo na Rádio Cabana FM 87.9 no programa Força Jovem com a participação dos orientadores e facilitadores do Cras Guanabara e com a participação da turma de terapia ocupacional da Unama.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
To Top