Conecte-se conosco

Preço da carne bovina tem reajuste acumulado de 27% em Belém

Foto: Reprodução / Fonte: G1 PA

ECONOMIA PARAENSE

Preço da carne bovina tem reajuste acumulado de 27% em Belém

Pesquisas realizadas pelo Dieese Pará mostram trajetória de alta no preço da carne bovina na Grande Belém. O reajuste acumulado nos últimos 12 meses alcançou cerca de 27%, contra uma inflação de 5,53%.

O levantamento, realizado em açougues, mercados municipais e supermercados da capital revelou que depois do reajuste recorde no ano passado, de quase 18%, o preço do quilo da carne bovina voltou a ficar mais caro neste início de ano.

Em janeiro de 2020, o quilo da carne bovina de primeira (coxão mole/chã, cabeça de lombo e paulista) foi comercializado, em média, a R$ 26,46 e fechou o ano passado sendo vendido a R$ 33,23. No início deste ano (janeiro/2021), foi comercializado a R$ 33,62.

Com essa alta, o quilo da carne consumida pelos paraenses apresentou alta de preço de 1,17% no mês de janeiro em relação ao mês de dezembro. Entretanto, nos últimos 12 meses, a alta cumulada no preço do produto foi superior a inflação alçando cerca de 27%.

Para o Dieese, a tendência para este mês de fevereiro/2021 continua sendo de alta no preço da carne.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
To Top