Conecte-se conosco

Exposição garante ao público de Colares reviver momentos através de imagens fotográficas

BOA AÇÃO

Exposição garante ao público de Colares reviver momentos através de imagens fotográficas

Projeto intitulado “Iluminação: Um retorno às imagens” que retrata crianças, jovens e adultos da região de Colares no evento anual que celebra o dia de finados.

Nem só de ET ́s é feito a história em Colares. O município, que hoje tem cerca de 11 mil habitantes e 613 km2, foi criado em 1961 e seu território é resultado de um desmembramento do município de Vigia, um dos mais antigos do Pará. Portanto, os primeiros habitantes de Colares e Vigia foram os índios Tupinambás.

Anualmente no dia 2 de novembro, é feito a Iluminação dos mortos, que é realizada no cemitério Santa Madalena situado na Ilha de Colares. O momento, consiste em um ritual de homenagens aos mortos, que ocorre por ocasião do Dia de Finados. Em colares, há uma maneira muito particular de prestar tributo aos mortos, na qual seus túmulos, no período da noite, são iluminados com o acendimento de velas para, em sequência, ocorrer um momento de confraternização entre os familiares dos falecidos.

Ao longo dos últimos cinco anos, a fotógrafa Usula Bahia, que é uma incentivadora da cultura local. Mantém viva as tradições através de registros fotográficos e irá apresenta seu Projeto intitulado “Iluminação: Um retorno às imagens” que retrata crianças, jovens e adultos da região de Colares no evento anual que celebra o dia de finados.

O projeto é realizado pela Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural que surgiu com o objetivo de Auxiliar trabalhadoras e trabalhadores da Cultura bem como espaços culturais brasileiros no período de isolamento social, ocasionado pela pandemia da covid-19.

Com câmera na mão e histórias nos olhos e na fala, o vídeo documentário que conta um pouco da história do projeto Iluminação: Um retorno ás imagens, que começou a ser gravado com moradores da Ilha, onde uma parte da comunidade divide narrativas de uma vida marcada pelas tradições populares, com base no senso de família e honra aos entes que já partiram para um outro plano. A produção apresenta o percurso da equipe, a entrega das imagens produzidas e as explicações sobre as peculiaridades de um momento espontâneo para os moradores identificados.

Vai ser possível realizar um bate-papo com a fotógrafa aproximando à comunidade em torno da exposição fotográfica. Também será realizado um
estúdio móvel de fotografia na cidade de Colares possibilitando os moradores, fazer fotos de forma gratuita e presenteando os mesmos com seus próprios retratos impressos.

Serviços:

Exposição ILUMINAÇÃO: UM RETORNO ÀS IMAGENS / BATE PAPO COM
ARTISTA
Dia: 20 de fevereiro de 2021.
Hora: 17:00
Local: Praça Miguel Gondim- muro do cemitério Santa Madalena situado na
Ilha de Colares-PA (fotos ficaram em modo permanente no muro do
cemitério).

ESTÚDIO FOTOGRÁFICO
Dia: 20 e 21 de fevereiro de 2021.
Hora: 09:00 às 11:00 e 16:00 às 18:00
Local: Praça Miguel Gondim- ao lado do cemitério Santa Madalena situado
na Ilha de Colares-PA.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
To Top