Conecte-se conosco
Foto: Reprodução / Fonte: Correio Paraense

ANANINDEUA

Prefeito de Ananindeua, Daniel Santos, esteve em reunião com os donos de Bares e Restaurantes

Na manhã desta quarta-feira (03/02) um grupo de empresários, entre eles donos de bares e restaurantes estiveram em reunião com o Prefeito de Ananindeua, Drº Daniel Santos, com o objetivo de debater sobre as novas restrições do decreto Estadual. Segundo postagem em rede social o Prefeito do Município ouviu com atenção as ponderações dos representantes da classe.

Fortalecemos o diálogo e trocamos informações para construir uma solução que continue aquecendo a Economia do Município.

No dia 21 de janeiro, Helder anunciou o novo decreto, restringindo ainda mais o funcionamento de certos setores da economia. O decreto foi assinado pelo governo do Pará, em conjunto com as prefeituras da grande Belém. O decreto estadual proíbe funcionamento de bares e casas de shows em todo Estado.

Ficou estabelecido segundo o decreto:

-Só será permitido eventos privados para até 50 pessoas, assim como reuniões;

-Eventos em bares, casas de shows permanecem proibidos, bem como realização de shows e festas.

-Restaurantes apenas com 50% da capacidade. Bebidas alcoólicas só poderão ser consumidas até 22h;

-Praias e balneários estão fechados às sextas, sábado, domingos e feriados.

-Clubes estão restritos as atividades coletivas;

-Órgão públicos funcionarão de 9h as 15h;

-Aulas nas escolas públicas continuam suspensas;

-Escolas privadas permanecerão abertas, prestigiando sistema remoto, escalonamento e rodízio de alunos em dias e turnos;

-Salões de beleza e clínicas de estética somente com hora marcada

-Academias somente com hora marcada e sem sem aulas coletivas;

-Lojas de conveniência sem consumo de bebidas alcoólicas no local em qualquer hora e vendas de quaisquer bebidas alcoólicas permitida apenas até 22h, inclusive supermercados.

-Supermercados apenas uma pessoa por grupo familiar.

-Festas em barcos serão fiscalizadas com a ajuda da Capitania dos Portos

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
To Top