Conecte-se conosco
Foto: Reprodução / Fonte: PORTAL AMAZÔNIA, COM INFORMAÇÕES DA AGÊNCIA PARÁ

MEIO AMBIENTE

Batalhão de Polícia Ambiental realiza mais de 1,6 mil resgates de animais em 2020

Foram registrados 1,1 mil animais resgatados, 399 foram entregues voluntariamente e 143 foram apreendidos pelo BPA

Mais de 1,6 mil resgates, entregas voluntárias e apreensões de animais foram realizadas pelo Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) do Pará em 2020. Com o objetivo de garantir o policiamento ambiental preventivo e trabalhar de forma integrada com outros órgãos da área, a unidade atua em todo o estado do Pará.

No ano passado, foram registrados 1,1 mil animais resgatados, 399 foram entregues voluntariamente e 143 foram apreendidos pelo BPA, que é subordinado ao Comando de Policiamento Ambiental (CPA). As principais denúncias recebidas pela unidade foram perturbação de sossego; captura e resgate de animais; descarte irregular de lixo; e maus-tratos de animais.

Segundo o major Moura, comandante do BPA, o efetivo do Batalhão é composto por 131 policiais militares, que possuem qualificação na área de meio ambiente. “Nós atuamos com policiamento preventivo e ostensivo a pé, embarcado, motorizado e até aéreo, caso seja necessário”, explica.

Um dos principais desafios encontrados pelos policiais é a localização dos animais, que muitas vezes, ao se sentirem acuados, se escondem e ficam presos em locais de difícil acesso. O comandante do BPA afirma já terem resgatado animais em árvores, dentro de lagos, e até mesmo em canais.

O Batalhão realizou, em 2020, mais de 1,4 mil solturas de animais capturados que não estavam machucados e tinham condições de serem devolvidos para a natureza. Ano passado, também foram encaminhados 240 animais capturados aos órgãos parceiros do BPA, como o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Pará (Ideflor-Bio), Museu Paraense Emílio Goeldi, Parque Zoobotânico Mangal das Garças, entre outros órgãos competentes e especializados, que garantiram o tratamento e cuidados necessários aos animais.

Prisão em flagrante por maus-tratos

No dia 7 de janeiro de 2021, a guarnição do Batalhão de Polícia Ambiental foi acionada pelo Centro Integrado de Operações (Ciop) para uma ocorrência de maus-tratos em dois cachorros, no conjunto CDP, em Belém. O BPA constatou a veracidade do fato e autuou o dono dos animais em flagrante delito por maus-tratos. O proprietário foi levado para a Divisão Especializada em Meio Ambiente (Dema), onde foi preso.

Tartaruga

Neste mesmo dia, o BPA resgatou uma tartaruga, da espécie oliva, ameaçada de extinção, com duas nadadeiras amputadas, em Marituba, na Região Metropolitana de Belém. Ela foi encontrada em São Caetano de Odivelas, próximo a praia, apresentando dificuldade para se deslocar. Um mergulhador levou o animal para sua residência e acionou o Batalhão. A tartaruga foi transportada para a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e está recebendo todo suporte para o tratamento dos ferimentos.

Denúncias

As denúncias sobre resgate e captura de animais silvestres podem ser feitas através do 190. Ocorrências sobre maus-tratos de animais também podem ser feitas através do 181.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
To Top