Conecte-se conosco

PARÁ

O Detran também suspende atendimento ao público em suas credenciadas na região oeste do Estado

Foto: Reprodução / Fonte: Agência Pará

Para atender às medidas de enfrentamento à Covid-19 na região oeste do Estado, o Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) suspendeu na última terça-feira (19) o atendimento ao público nas Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) de Santarém, Alenquer, Almerim, Monte Alegre, Óbidos e Oriximiná, e hoje (21), foi decidido também pela suspensão do atendimento em entidades credenciadas pelo órgão que prestam serviços na região.

A mudança da bandeira laranja para a vermelha na região do Baixo Amazonas entrou em vigor no último final de semana, por meio de determinação do Governo do Estado, e a paralisação das atividades tem como intuito reforçar a barreira sanitária da localidade. Nas sedes das Ciretrans, ficam suspensos, por tempo indeterminado, os serviços prestados aos usuários voltados à habilitação e veículo, incluindo os oferecidos por agendamento. Agora, a portaria também paralisa o atendimento nos Centros de Formação de Condutores (CFCs), capacitadoras, empresas de vistoria veicular, empresas estampadoras de placa e as demais credenciadas que dependem do sistema do Detran para o funcionamento. 

Em relação aos processos habilitatórios, exames teóricos e práticos estão vetados, bem como o atendimento nas clínicas que realizam os exames médico e psicotécnico. As aulas de legislação de trânsito serão, obrigatoriamente, ministradas por meio remoto, assim como as aulas dos cursos de capacitação/formação. Os leilões de veículos locados nos pátios de retenção do órgão também deixarão de ocorrer na modalidade presencial. 

Marcelo Lima Guedes, diretor geral do Detran, explica que a análise do cenário epidemiológico da região determinou a medida, visando preservar a segurança dos servidores que atuam na região, bem como os usuários. “Estamos avaliando as condições que possibilitem a preservação da saúde e evitem a disseminação do vírus no interior do Estado. Também reforçamos que todas as demandas da região serão atendidas posteriormente, da forma segura e eficaz, e sem maiores prejuízos”, conclui.

Colaboração: Esther Pinheiro

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.