Conecte-se conosco
Foto: Reprodução / Fonte: Blog Zé Dudu

PARÁ

Em Castanhal, coordenador de hospital público fura a fila de imunização e é exonerado

Laureno Lemos, até ontem, quarta-feira (20, era coordenador administrativo do Hospital Municipal de Castanhal, mas foi exonerado do cargo. Ele furou a fila de vacinação contra a covid-19 e foi punido exemplarmente pela Administração Municipal. A prioridade para a imunização são os profissionais de saúde que atua na linha de frente ao combate da pandemia, os indígenas em aldeias e idosos que vivem em abrigos.

Laureno não faz parte de nenhum desses grupos, mas burlou o sistema e ainda postou em redes sociais a foto do momento em que estava sendo vacinado, no primeiro dia da aplicação do imunizante, terça-feira (19).

O fato gerou centenas de protestos na cidade e ele tratou de deletar a postagem. Mas era tarde, o fato e a foto chegaram ao conhecimento do prefeito Paulo Titan (MDB), que determinou o imediato desligamento de Laureno Lemos do serviço público municipal.

Em nota, a Prefeitura de Castanhal afirma que a atitude do servidor foi “totalmente contrária” às determinações da Administração Municipal, que segue as recomendações do Ministério da Saúde. O comunicado finaliza, advertindo: “Em respeito à vida, estaremos vigilantes para que nada semelhante se repita”.

Por Eleuterio Gomes – de Marabá

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
To Top