Conecte-se conosco
Foto: Reprodução / Fonte: Agência Belém

BELÉM

Edmilson Rodrigues, confirmou que a vacinação em Belém vai iniciar pelos profissionais de saúde

O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, confirmou em entrevista hoje pela manhã que a vacinação na capital paraense vai iniciar pelos profissionais de saúde. Segundo ele, as doses da vacina coronavac destinadas a Belém serão disponibilizadas em primeiro lugar para imunizar médicos, enfermeiros, técnicos, agentes de saúde e agentes de combate à endemias, maqueiros e todos aqueles profissionais que trabalham com a saúde, na esfera pública e privada. 

O prefeito ressaltou que prefeitura de Belém e estado estão trabalhando em cooperação nas ações que envolvem a vacina. Foi montado um comitê conjunto estado-município com representação das duas esferas para discutir as ações de combate à pandemia, frisou. 

Edmilson explicou que o número limitado de vacinas deve-se à redução das doses enviadas ao Pará pelo governo federal. Antes estavam prometidas 320 mil doses para o estado, mas a entrega foi reduzida para 124 mil doses. Belém, que receberia cerca de 48 mil doses teve o número de doses reduzidas para cerca de 20 mil. Com isso, a imunização teve que ser reduzida aos profissionais da área de saúde. “Temos que priorizar os trabalhadores da saúde, pois são os mais expostos ao vírus. Só de médicos, já foram perdidos 57 no estado para a Covid-19”, disse. A Prefeitura vai vacinar os profissionais em seus locais de trabalho. 

A partir de fevereiro, o prefeito acredita que uma nova carga de vacinas deve chegar à cidade, o que foi garantido pelo Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em reunião virtual realizada na semana passada com a presença de mais de 100 prefeitos de municípios da Frente Nacional de Prefeitos. O Ministro garantiu que o Brasil deve adquirir mais 38 milhões de doses da vacina, distribuindo para os municípios brasileiros, disse Edmilson. Caso isso se concretize, o prefeito acredita que até meados de abril os munícipes de Belém estarão imunizados contra o coronavírus.

“Quando tivermos vacina suficiente, todos devem procurar os postos e se imunizar. Está provado que 78% dos usuários da vacina, se pegarem o vírus, terão sintomas leves, e 100% desses não irão a óbito”, explicou Edmilson. 

O prefeito disse ainda que Belém está em uma situação de estabilidade, mas nada impede que essa curva possa vir a sofrer alterações, se os cuidados necessários não forem mantidos. Por isso, recomendou aos munícipes que mantenham o distanciamento social e o uso de máscaras. “As pessoas não podem ser suicidas e as autoridades não podem ser genocidas. Todos têm que ter responsabilidade”, disse. “Nada indica um novo pico aqui, mas é preciso ter cuidado. Evite festa, concentração nas praias, tem que se respeitar o isolamento”, recomendou o prefeito.

Por: Marta Brasil

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
To Top