Conecte-se conosco
Foto: Reprodução / Fonte: Blog Zé Dudu

FUTEBOL

Seleção Brasileira poderá fazer o jogo de reinauguração do Mangueirão em 2022

O governador do estado do Pará, Helder Barbalho, foi até a cidade do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (7), onde participou de uma reunião com Rogério Caboclo, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), tendo como principal objetivo oficializar o pedido de um jogo da Seleção Brasileira de Futebol, no Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém, que passará por reformas e será reinaugurado em 2022.

“É uma satisfação poder estar aqui na CBF, junto com o presidente Rogério Caboclo, junto com o coronel Nunes, ex-presidente da CBF, que representa o nosso Estado nas decisões da cúpula do futebol brasileiro, neste momento em que nós estamos nos avizinhando da data de início da recuperação de uma ampla reforma do nosso estádio Mangueirão. Oficiamos à CBF o desejo de recebermos a Seleção Brasileira na reabertura da nossa praça esportiva”, afirmou Helder Barbalho, governador do Pará.

A última vez que a seleção atuou na capital Belém foi na ocasião do desafio entre Brasil e Argentina, valendo pelo Superclássico das Américas, em 2011,partida realizada no Estádio Mangueirão, e que o Brasil, na época comandado pelo técnico Mano Menezes, detonou os hermanos vencendo o duelo, por 2 a 0, com gols de Lucas e Neymar, tendo um público total de 43.038 pessoas presentes no estádio.

As obras no Mangueirão vão iniciar no próximo mês de fevereiro com um tempo estimado de 18 meses, tendo um investimento de R$ 160 milhões, quando a ideia é aumentar a capacidade de público do estádio para 55 mil torcedores, e assim transformar o maior palco do futebol paraense em padrão FIFA, tendo todas as possibilidades de receber grandes jogos nacionais e internacionais. O governador vem torcendo para que ambos os times do Pará conquistem o acesso para à Série B 2021.

“Cumpriremos com as nossas obrigações de estar com o estádio adequado para os nossos torcedores e com condições de receber grandes eventos. Remo e Paysandu chegam, neste momento, à reta final para acender a série B. Torço para que os nossos clubes possam ser vitoriosos e que possamos ver o futebol paraense crescendo cada vez mais”, disse Helder Barbalho.

Por Fábio Relvas com informações da Agência Pará

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
To Top