Conecte-se conosco
Arte: Divulgação / Fonte: Portal Cultura

ENTRETENIMENTO

Livro virtual conta a história da mitologia do povo Desana

“O Pajé e o Missionário”, livro virtual (e-book) dos artistas Ademar Vieira e Ana Valente conta a história de um missionário luterano que tenta converter uma tribo indígena na Amazônia, mas acaba entrando em uma grande aventura pela cultura do povo indígena Desana, que o faz rever os seus conceitos de espiritualidade.

A publicação, lançada recentemente de forma gratuita, é fruto do edital Conexões Culturais da Prefeitura de Manaus. A obra, com 38 páginas ilustradas, conta com recursos da Lei Aldir Blanc e está disponível para download gratuito nos perfis  da dupla de artistas no Instagram.

A autoria da história é de Ademar Vieira, que é jornalista, roteirista e quadrinista. Segundo ele, houve uma intensa pesquisa sobre o povo Desana para embasar a obra. “O povo Desana foi um dos povos nativos da nossa região que registrou a sua cosmologia em livros, que hoje podem ser acessados com certa facilidade. Eu parti desse conhecimento para criar o personagem do Pajé Tõrãmu. É através dele, que o missionário Pedro entra em contato com toda essa cultura e nós como leitores também”, contou Vieira.

A ilustradora Ana Valente conta que desenvolveu um estilo novo especialmente para o livro. “Desenvolvi ilustrações que misturam pintura digital com colagem de texturas. Essas texturas dão todo tipo de efeito, de superfícies rochosas a estampas de tecidos. Para finalizar, eu ajusto a iluminação e a tonalidade, de modo a deixar todos os elementos mais orgânicos”, explicou a artista.

Serviço:

“O Pajé e o Missionário” está disponível para dowload gratuito apenas no formato Epub através dos links dos perfis dos artistas no Instagram Ana Valente e Ademar Vieira ou diretamente AQUI.

Com informações da assessoria.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
To Top