Conecte-se conosco
Foto: Fernando Araújo / Fonte: Blog Zé Dudu

FUTEBOL

Federação Paraense de Futebol divulga a tabela do Parazão de 2021 com 12 clubes na disputa

A região sudeste será representada por quatro equipes: Águia, Gavião, Independente e Itupiranga

A Federação Paraense de Futebol (FPF) divulgou a tabela básica do Parazão 2021. A competição terá a participação de 12 equipes, que estão divididas em dois grupos de seis clubes. O número de participantes aumentou devido ao não rebaixamento de nenhuma equipe durante o Campeonato Paraense de 2020, ou seja, os dez clubes desta temporada e mais os dois que subiram da Segundinha: Tuna e Gavião estão garantidos na elite do Parazão para a próxima temporada.

A primeira rodada está marcada para o dia 27 de fevereiro e a final prevista para o dia 23 de maio. Os clubes farão partidas de ida e volta contra os times da chave oposta durante a primeira fase. Os quatro primeiros de cada grupo avançam para as quartas de final, que será de jogo único. As semifinais e finais do Parazão, serão no formato de jogos de ida e volta para decidir os classificados e o campeão.

O Grupo A1 está formado por Paysandu, Bragantino, Castanhal, Itupiranga, Tapajós e Tuna, enquanto que o Grupo A2 está definido com Remo, Águia, Carajás, Gavião, Independente e Paragominas. A região sudeste do estado do Pará será representada por quatro equipes: Águia de Marabá Futebol Clube, Gavião Kyikatejê Futebol Clube, Independente Atlético Clube e Sport Clube Itupiranga.

O Itupiranga, chamado de Crocodilo do sudeste, vai para a sua segunda participação dentro da elite do futebol paraense. A equipe terminou em sétimo lugar no Parazão 2020, sendo três vitórias, dois empates e cinco derrotas. Mesmo se houvesse o rebaixamento para a Segundinha, o Itupiranga estaria garantido na elite em 2021. A direção do clube segue trabalhando e acredita em uma boa campanha para buscar uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro. O Itupiranga encara o Remo na estreia do Parazão 2021, no dia 28 de fevereiro, às 16h, provavelmente no Estádio Evandro Almeida, o Baenão, em Belém.

“Gostei demais da tabela, do formato, que vai classificar quatro em cada chave e o primeiro e o segundo tem a vantagem de jogar em casa, praticamente uma decisão para à Série D. Tem muitas chances da gente classificar entre os quatro. Estamos montando um elenco bem competitivo, a gente trouxe o Vando novamente, como treinador. Nós temos vários jogadores da base já confirmados do ano passado e trazendo outras novidades para agregar o grupo. Estamos trabalhando dentro da necessidade do clube, porque esse ano vai ser bem complicado, não tem público e não vai ter renda, e estamos fazendo a coisa bem planejada”, afirmou Nabir Haidar, vice-presidente do Itupiranga.

Por Fábio Relvas

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
To Top