Conecte-se conosco
Foto: Ascom / NGTM / Fonte: Agência Pará

ANANINDEUA

Avanço de obras altera parada de ônibus no KM-4 da BR-316

Para iniciar os serviços de fundações da passarela de pedestres (que também dará acesso à estação de passageiros do BRT Metropolitano), foi necessário relocar, nesta terça-feira (29), a parada de ônibus localizada próximo a um hospital particular para as proximidades do Parque Ambiental de Ananindeua Antônio Danúbio, na altura do KM-4 da BR-316, sentido Ananindeua-Belém. A etapa faz parte das obras da Nova BR, executadas pelo Governo do Pará, por meio do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM).

“É a dinâmica da obra, consequentemente algumas mudanças são necessárias. Essa alteração do ponto de ônibus, por exemplo, é provisória, para os serviços de fundações da travessia que ocorrerão exatamente no trecho onde existe uma parada”, afirma o engenheiro Alberto Matta, diretor de obras do NGTM. 

O novo ponto foi adequado para receber o abrigo destinado aos usuários do transporte coletivo municipal. Para Odalina dos Santos, de 42 anos, a alteração não afetou a rotina dela. “Como eu moro aqui perto e pego ônibus todos os dias aqui para ir ao trabalho, a alteração não me prejudicou. Ficou até mais perto do semáforo para a gente atravessar. Pelo menos eu entendo que essas mudanças acontecem quando está tendo uma obra”, comentou.

Paulo Teixeira é ambulante na antiga parada de ônibus há anos e, logo nas primeiras horas do dia, transferiu o carrinho de vendas de bombons para perto do novo ponto. “A gente também vai se adequando para não ficar sem as vendas”, disse.

Naquele trecho também existe um ponto de táxi que envolve cerca de 40 profissionais. Os representantes da categoria foram convidados pelo NGTM e empresas envolvidas no projeto, para dialogar a respeito da alteração a fim de buscar o entendimento e o mínimo de impacto na rotina dos trabalhadores. “Já estamos aqui há mais de 30 anos e foi muito importante tirar dúvidas e conhecer mais sobre as mudanças com os representantes do governo, aquilo que vai alterar na nossa vida”, opinou Emanuel Cruz, presidente da Associação dos Taxistas do Viaduto.

Assim como outras mudanças no trânsito que já foram realizadas ao longo deste ano na rodovia para o avanço das obras, como ativações de desvios em Ananindeua e Marituba, o deslocamento da parada de ônibus na altura do KM-4 da BR-316 é provisório, tendo em vista que diversas interferências estão dentro da faixa de domínio do projeto que busca requalificar a rodovia nos primeiros 10.8 km da rodovia, do Entroncamento até o início de Marituba, para a implantação do sistema integrado metropolitano.

Por Michelle Daniel (NGTM)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
To Top