Conecte-se conosco

PARÁ

Servidores da prefeitura de Altamira protestam em frente à casa do prefeito Juvenil

Logo cedo, o acesso a caso do gestor já estava bloqueado com viaturas e homens da Polícia Militar, mesmo assim os manifestantes que, em sua maioria, era de servidores ligados a secretaria de Educação do município, demostraram sua indignação por ainda não terem recebido seus salários.

Foto: Reprodução / Fonte: A voz do Xingu

Centenas de funcionários da prefeitura de Altamira, que ainda não receberam o salário referente ao mês de novembro, amanheceram em frente à casa do prefeito da cidade, Domingos Juvenil (MDB) nesta terça-feira, 15 de dezembro.

Logo cedo, o acesso a caso do gestor já estava bloqueado com viaturas e homens da Polícia Militar, mesmo assim os manifestantes que, em sua maioria, era de servidores ligados a secretaria de Educação do município, demostraram sua indignação por ainda não terem recebido seus salários.

O manifesto pacífico foi organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores de Educação – (Sintepp/Altamira) e teve como objetivo chamar atenção do prefeito para que ele pague os salários atrasados e apresente um cronograma em relação ao pagamento do mês de dezembro.

“Bom dia caloteiro, cadê o meu dinheiro?”, diziam os manifestantes, se referindo ao prefeito Domingos Juvenil, que até o momento deixou de pagar cerca de 2 mil servidores municipais, que trabalham para a prefeitura em forma de contrato.  Muitos desses funcionários já estão passando por necessidades.

Em seguida os manifestantes seguiram para a sede do Legislativo Municipal, onde às 09h começa a última sessão ordinária e que deve discutir dois projetos de lei encaminhando por Juvenil, solicitando que os vereadores aprovem o parcelamento de um débito milionário junto a Previdência do Município, contraído depois que Domingos Juvenil, recolheu dos funcionários, mas não repassou o valor a previdência do município.

Por: Wilson Soares

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.