Conecte-se conosco

BELÉM

Morre de Covid-19 o coronel Pantoja, comandante do Massacre de Eldorado dos Carajás

Faleceu na noite desta quarta-feira, no hospital da Unimed, em Belém, o coronel da PM Mário Colares Pantoja. Ele é mais uma vítima da covid-19.

O coronel Mário Pantoja usava tornozeleira mecânica, dado que era condenado pelo crime que ficou conhecido como o “Massacre de Eldorado dos Carajás”, em que foram mortos 19 trabalhadores rurais sem-terra.

A situação ocorreu em 17 de abril de 1996, na rodovia PA-150, em local conhecido como Curva do S que fora bloqueado por trabalhadores sem-terra.

Massacre de Eldorado dos Carajás

Pantoja foi o comandante da operação organizada para desobstruir a rodovia. Na época, o governador do Estado era Almir Gabriel, que chegou a prestar depoimento no rumoroso caso, na condição de testemunha.

Foram indiciados cerca de 150 policiais militares entre praças, soldados, cabos, sargentos e oficiais. Mário Pantoja, coronel e comandante da operação, e o coronel José Maria Oliveira, seu auxiliar, foram condenados a penas que superam 150 anos de reclusão em regime fechado.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.