Conecte-se conosco

POLÍCIA

Operação Independência combateu a poluição sonora e fechou estabelecimentos irregulares

Sistema de Segurança atuou nos principais balneários do Estado durante o feriado de 7 de Setembro

Foto: Reprodução /Fonte: Agência Pará

Mais de 700 bares fiscalizados, cinco foragidos da Justiça recapturados e 29 prisões. Esses são alguns números da operação Independência, deflagrada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) no último dia 4 de setembro. Os resultados do trabalho foram apresentados nesta terça-feira (8). O objetivo foi garantir mais tranquilidade e segurança aos veranistas que procuraram as praias e balneários paraense no feriado prolongado de 7 de Setembro.

As ações de prevenção e ostensividade ocorreram desde a sexta-feira (4) e foram finalizadas na terça. Os órgãos do sistema de segurança que atuaram nas localidades mais procuradas pelos paraenses, entre elas Cotijuba, Marudá, Crispim, Algodoal, Conceição do Araguaia, Ajuruteua, Abaetetuba, Salvaterra, Outeiro, Mosqueiro e Salinópolis, que receberam reforço no policiamento e fiscalização.

Durante os dias de feriado prolongado, os agentes de segurança pública atuaram com reforço de mais de mil agentes, além de 120 veículos quatro rodas, 50 motocicletas e 12 conjuntos da polícia montada (cavalaria).

Prisões – A Polícia Militar fez mais de 13 mil abordagens, a transeuntes, carros e motos, no período de atuação da operação em todo o Estado. Foram fiscalizados, ainda, 704 bares e similares e recapturados cinco de foragidos da justiça. A Polícia Civil fiscalizou 150 estabelecimentos, entre bares e restaurantes, dos quais nove foram fechados por irregularidades. Foram feitas, ainda, 29 prisões, onze por alcoolemia.

A Divisão Especializada em Meio Ambiente (Dema), da Polícia Civil, fez mais de 50 diligências referentes ao crime de poluição sonora. No total, foram fiscalizados 43 locais e 24 veículos que faziam a perturbação do sossego público nas praias e balneários. 

O Corpo de Bombeiros do Pará fez um total de 5.767 advertências e orientações aos banhistas, durante o fim de semana. Foram distribuídas 600 pulseiras de identificação para as crianças, com o intuito de identificá-las, casos se perdessem dos pais. Foram localizadas 21 crianças e feitos 36 atendimentos pré-hospitalares e salvamentos.

O Departamento de Trânsito do Estado (Detran) fez 5.854 abordagens, recolhendo 39 documentos e removendo 64 veículos. Os agentes também autuaram 37 pessoas que dirigiam alcoolizadas.

Tranquilidade – O secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado, destacou as ações de fiscalização aos estabelecimentos, a manutenção da ordem ao sossego público e o combate à poluição sonora como os pontos principais da operação. “Nos preparamos para atuar nos municípios mais procurados pelos paraenses durante os feriados prolongados para garantir um lazer tranquilo a todos”, disse.

Segundo ele, as equipes estiveram presentes nos três Centros Integrados localizados nos principais balneários do Estado, para garantir mais celeridade nas ações de segurança. “Nossa atuação foi mais direcionada às fiscalizações de festas irregulares, estabelecimentos funcionando sem a devida autorização, som automotivo, poluição sonora e perturbação do sossego público e na autuação aos motoristas que dirigiam alcoolizados. Neste feriado alguns municípios não trabalharam com decretos específicos, e nossos agentes focaram nas ações de prevenção e ostensividade, evitando ocorrências mais graves e auxiliando na paz social”, concluiu.

Por Walena Lopes (SEGUP)

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.