Conecte-se conosco

Reservatório de água desaba provocando mortes e destruição em Almeirim, Santarém

Foto: Divulgação / Fonte: G1

POLÍCIA

Reservatório de água desaba provocando mortes e destruição em Almeirim, Santarém

Uma unidade de saúde e uma residência próximas ao reservatório foram parcialmente destruídos pelos escombros. Há registros de feridos.

Um reservatório de água construído recentemente em Almeirim, oeste do Pará, partiu ao meio e desabou na tarde desta quarta-feira (5). Até a publicação desta reportagem, havia o registro de três mortes e mais de uma dezena de pessoas feridas. Duas das pessoas encontradas mortas trabalhavam na obra do reservatório.

De acordo com informações do secretário de Governo de Almeirim, Weider Carvalho Lobato, o desabamento aconteceu por volta das 17h, atingindo parte da unidade de saúde do bairro centro, que faz a triagem de pacientes com suspeita de Covid-19, e também uma residência vizinha. Alguns pacientes e profissionais de saúde que estavam na unidade sofreram ferimentos.

“Desde o momento que soubemos dessa tragédia a prefeita Adriane Bentes mobilizou as secretarias municipais e demais órgãos para tomar as providências necessárias para socorro às vítimas. Uma base da Marinha do Brasil está dando todo o apoio na retirada dos escombros, a Polícia Militar está na área ajudando nas buscas a possíveis vítimas e também garantindo o isolamento da área, e a nossa guarda municipal também está no local dando todo o suporte, além dos nossos profissionais de saúde”, relatou o secretário de Governo Weider Lobato.

Ainda de acordo com o secretário, o sistema de água ainda não havia sido repassado à administração municipal. A obra construída com recursos da Funasa e Governo do Estado do Pará, estava em fase de teste pela construtora responsável, a Ditron Engenharia. O reservatório tinha capacidade para 100 mil litros de água e está enchendo quando a estrutura rompeu.

O engenheiro responsável pela obra estava em Almeirim, mas não foi visto depois do desabamento do reservatório e ninguém da prefeitura havia conseguido contato com ele até às 20h30.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
To Top