Conecte-se conosco

PARÁ

Copred acompanha trabalho de Comunidades Terapêuticas no Pará

Foto: Reprodução / Fonte: Correio Paraense

Em agenda por municípios paraenses com a Comissão de Prevenção às Drogas (Copred), da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), o líder do Republicanos, deputado estadual Fábio Freitas, esteve em reunião na noite desta segunda-feira (22.06), em Santarém, com o representante da Comunidade Terapêutica Família Feliz, José Carlos; com o representante da Comunidade Terapêutica Há Esperança Sem Drogas, Patrick Queiroz e com o Cabo PM Glauber, do Policiamento Comunitário Escolar.

“Na ocasião, conversamos sobre a prorrogação do edital para o financiamento de novas vagas para comunidades terapêuticas através da Senapred, sobre o trabalho desenvolvido pela entidade no município, além de deixarmos nossa contribuição com a doação de alimentos e máscaras de proteção para o uso dos acolhidos em quarentena nas CT´s”, explicou Fábio Freitas, ressaltando ainda que solicitou ao Comandante Geral da PM Dilson Júnior a cessão de uma viatura dedicada exclusivamente ao policiamento nas escolas santarenas.

Em cumprimento da portaria n°340/2020 do Ministério da Cidadania e Secretaria Nacional de Prevenção às Drogas (Senapred) que orienta a restrição de acesso às Comunidades Terapêuticas de pessoas que não fazem parte de seu cotidiano durante a pandemia de Covid-19, não foi realizada uma visita presencial.

Já na última sexta-feira (19.06), a reunião foi em Altamira com o representante da Comunidade Terapêutica Resgatando Vidas, Leandro Marcos, quando foi debatida os mesmos assuntos relativos à novas vagas, acompanhamento de atividades, e ainda doação para acolhidos.

O presidente da Copred cumpre agenda de trabalho pelo interior do Estado até o próximo dia 30.

Também receberam o acompanhamento sem visita interna as CT´s Salvando Vidas e Sotéria, em Tucuruí; Bom Pastor, em Santarém; e Esperança Santa Clara, em Óbidos.

Sobre a Copred

Instalada no início de 2019, tem como competências: Analisar e emitir parecer sobre as matérias relacionadas ao uso de drogas em geral; atuar no sentido de promover, em todos os níveis, estudos e medidas que tenham em vista a prevenção do uso indevido de drogas; estudar, elaborar e apresentar preposições referentes ao campo do abuso de droga, tendo em vista principalmente o seu controle e prevenção de seu uso; manter permanentemente contato com o Poder Executivo para que possa acompanhar de forma efetiva as ações desenvolvidas na órbita daquele Poder no combate e repressão às drogas ilegais; e manter intercâmbio com organismos públicos e privados, estaduais, nacionais e internacionais, ligados ao assunto para que se mantenha uma atualização genérica e particularizada do problema.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Copyright © 2021 Correio Paraense todos os direitos reservados.