Conecte-se conosco
Foto: Reprodução / Fonte: Metrópoles

SAÚDE

Estudo indica que bares e academias são locais de super contaminação

Uma pesquisa feita no Japão com 3.184 pacientes confirmados com coronavírus e o local onde foram contaminados aponta que, além de hospitais, bares, restaurantes e academias são considerados os ambientes mais favoráveis para a disseminação do vírus.

O estudo foi publicado no jornal científico Emerging Infectious Diseases. Os responsáveis pelo levantamento excluíram pessoas que vivem na mesma casa. Os hospitais foram os locais onde mais pessoas se contaminaram: 30% dos participantes pegou a doença em uma unidade de saúde.

Em segundo lugar, estão clínicas e casas de repouso, com 16%. O segmento de bares e restaurantes também está nesta posição: 16% das pessoas adquiriram o vírus nestes locais. Cerca de 13% das pessoas se infectou no local de trabalho, 11%, em eventos musicais (que incluem karaokê e ensaios de coral), 8%, em academias, 3% em funções cerimoniais e 2% em transportes, como aviões.

“Percebemos que muitos dos grupos de contágio estavam associados com respiração pesada muito próxima, como cantar no karaokê, conversar no bar e se exercitar na academia”, escreveram os autores.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
Propaganda
To Top